segunda, 27 de maio de 2024
Ações

IBOVESPA HOJE - IBC-Br; bateria de balanços com Embraer (EMBR3); orçamento no Brasil; Super Quarta

Confira os fatores que influenciam o principal índice acionário da Bolsa nesta segunda-feira (18)

18 março 2024 - 17h26Por Redação SpaceMoney
B3B3 - Crédito: Paulo Whitaker, para a agência Reuters

Nesta segunda-feira (18), grandes companhias como Braskem (BRKM5), Embraer (EMBR3), Itaúsa (ITSA4), Magazine Luiza (MGLU3) e Sabesp (SBSP3) divulgarão seus respectivos balanços financeiros relativos ao quarto trimestre. 

Nesta sessão, investidores digerirão o ritmo do “PIB do BC”, o IBC-Br, sobre o mês de janeiro, além do IGP-10.

Nesta segunda-feira (18), o Ibovespa encerrou em alta de 0,17%, aos 126.954,18  pontos.

 

ATUALIZAÇÕES:

  • 13:10: Ibovespa: -0,26%, aos 126.409 pontos.
  • 10:08: Ibovespa: +0,39%, aos 127.232 pontos.

 

Confira outros fatores que movimentam o Ibovespa nesta segunda-feira (18):

 

Orçamento

i. Em uma decisão estratégica, a Medida Provisória (MP) que atualmente revoga o PERSE e reonera as prefeituras vai ser mantida, para a equipe econômica do Ministério da Fazenda, de Fernando Haddad (PT-SP), poder contabilizar o aumento da receita previsto, apesar de que os temas serão enviados por Projeto de Lei (PL).

Em entendimento com o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Congresso Nacional não vai analisar antes do relatório bimestral o veto do mandatário sobre os R$ 5,6 bilhões de emendas de comissão, dentro dos esforços da equipe econômica para limitar o contingenciamento.

Nas últimas semanas, Simone Tebet (MDB-MS), ministra do Planejamento, antecipou que o bloqueio deve ser “muito menor” do que o esperado, diante das surpresas positivas da arrecadação federal em janeiro e também em fevereiro (ainda a ser divulgada).

Com isso, disse Tebet, o Poder Executivo “provavelmente” não deve precisar agora da resposta do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a possibilidade de bloquear um valor menor do que o necessário para preservar a meta fiscal.

Na consulta à Corte, a Pasta estimou que a regra prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) limitaria o bloqueio a um valor máximo de R$ 25,90 bilhões, contra cerca de R$ 50 bilhões que o mercado financeiro estima ser necessário para o cumprimento da meta fiscal de déficit zero.

As informações são do site Bom Dia Mercado.

 

ii. No jornal Folha de S.Paulo, no último sábado (16), técnicos calcularam que o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve precisar bloquear um volume entre R$ 5 bilhões e R$ 15 bilhões do Orçamento para cumprir o limite de despesas do novo arcabouço fiscal.

No mercado financeiro, espera-se que a meta fiscal zero ainda não vai ser mudada e uma alteração pode ficar para o próximo relatório bimestral, em maio, quando o governo vai ter maior clareza sobre a situação das contas.

Fontes consultadas pela Exame não descartaram que a equipe econômica já aponte déficit fiscal de 0,250% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2024 agora, ainda bem inferior ao rombo projetado pelo mercado no Boletim Focus (0,790%).

As informações são do site Bom Dia Mercado.

 

Imposto de Renda (IR)

O secretário extraordinário da reforma tributária, Bernardo Appy, disse que nenhum “grande projeto” vai ser enviado pelo governo ao Congresso Nacional nesta segunda-feira (18), quando vence o prazo de noventa dias para enviar propostas para o texto.

Na semana passada, o jornal Valor Econômico informou que, devido ao fato de este ser um ano eleitoral, o Ministério da Fazenda vai adiar o envio do plano da reforma tributária sobre a renda, que trataria de itens como a cobrança do IR sobre os dividendos.

As informações são do site Bom Dia Mercado.

 

Reunião ministerial

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convocou para esta segunda-feira (18) a primeira reunião ministerial do ano.

O encontro deve reunir todos os ministros no Palácio do Planalto e ocorre em meio à queda da aprovação do governo federal nas pesquisas de opinião e à crise na Petrobras (PETR3)(PETR4).

Para participar do encontro, Haddad desistiu da viagem que faria à Alemanha para tratar de transição ecológica.

As informações são do site Bom Dia Mercado.

 

Captações

O governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu ao Senado Federal a ampliação em US$ 50 bilhões, de US$ 75 bilhões para US$ 125 bilhões, do teto estabelecido para a emissão de títulos públicos no exterior, informou o jornal O Estado de S.Paulo.

As informações são do site Bom Dia Mercado.

 

Agenda:

Juros na semana

  • Com a Super Quarta no próximo dia 20 de março, investidores aguardam se o Federal Reserve (Fed), nos Estados Unidos (EUA), vai consolidar o mês de junho como ponto de partida dos cortes. Entretanto, espera-se que a autoridade monetária possa encurtar o ciclo de quedas, diante da inflação resistente no País. No Brasil, o forward guidance de novos cortes de 0,50 p.p. nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária (COPOM), do Banco Central (BC), no plural, vai ser testado.

No Japão, observação para o possível fim dos juros negativos pelo Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês). 

Na Europao Banco da Inglaterra (BoE) informa decisão de política monetária na quinta-feira (21)

 

Antecedentes

  • Na véspera, a produção industrial da China subiu 7,0% no primeiro bimestre em relação a igual período no ano passado. As vendas no varejo chinês avançaram 5,5% na comparação anual de janeiro e fevereiro.

Os números não mudam as apostas de que Pequim vai manter os juros no patamar atual na próxima terça-feira (19), informou o site Bom Dia Mercado.

 

  • Na Rússia, Vladimir Putin foi reeleito para o seu quinto mandato como presidente. Em comunicado, a Casa Branca disse que o processo “obviamente, não foi livre e nem justo”. O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, criticou a falta de legitimidade. “As eleições russas são uma farsa ilegítima”, acusou.

 

Brasil

  • A semana muito movimentada para os negócios reserva o relatório bimestral de avaliação do Orçamento no Brasil, a ser enviado ao Congresso Nacional na próxima sexta-feira (22).

O documento define quanto vai ser necessário bloquear de despesas para o cumprimento da meta fiscal de zerar o déficit das contas públicas em 2024 e toda e qualquer receita computada ajuda a reduzir o contingenciamento.

 

Europa

  • Reino Unido: O Reino Unido divulga na quarta-feira (20) os dados do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) e do índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) em fevereiro. 

 

  • Zona do Euro: Nesta segunda-feira (18), são repercutidos números da inflação ao consumidor (CPI) na região da Zona do Euro. Na quinta-feira (21), saem os dados do PMI (Índice de Gerentes de Compras) composto. Christine Lagarde (BCE), presidente do Banco Central Europeu (BCE), discursa na próxima terça-feira (19).

 

Estados Unidos (EUA)

  • Nos Estados Unidos (EUA), Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Fed), participa de evento na quinta-feira (21), day after do FOMC. 

A agenda dos indicadores nos EUA prevê apenas a leitura preliminar de março do PMI (Índice de Gerentes de Compras) composto na quinta-feira (21) e o índice NAHB de construtoras (nesta segunda-feira, 18, às 11:00).

 

As informações são do site Bom Dia Mercado.