terça, 28 de maio de 2024
Ações

Espaçolaser (ESPA3): Fitch atribui rating 'A-(bra)' à proposta de 3ª emissão de debêntures

O rating da Espaçolaser reflete os riscos de operar na fragmentada e competitiva indústria de depilação a laser no Brasil, caracterizada por baixas barreiras de entrada e custos fixos relevantes

23 fevereiro 2024 - 14h12Por Lucas de Andrade
 - Crédito: Divulgação/Espaçolaser

A agência de classificação de risco Fitch atribuiu, nesta sexta-feira (23), o rating nacional de longo prazo ‘A–(bra)’ à proposta de terceira emissão de debêntures com garantia real da Espaçolaser (ESPA3).

A emissão, no montante de R$ 346,5 milhões, possui o vencimento final em 2029 e faz parte de uma operação conjunta com a subsidiária integral e fiadora Corpóreos Serviços Terapêuticos S.A. (Corpóreos), que vai totalizar R$ 733,0 milhões.

Os recursos serão usados para refinanciar dívidas de curto prazo.

Atualmente, a Fitch classifica a Espaçolaser com rating nacional de longo prazo ‘A–(bra)’, com perspectiva estável.

O rating da Espaçolaser reflete os riscos de operar na fragmentada e competitiva indústria de depilação a laser no Brasil, caracterizada por baixas barreiras de entrada e custos fixos relevantes.

A classificação fora suportada pela escala e pela liderança da Espaçolaser no setor, por sua diversificação geográfica e pela força de sua marca, que lhe proporcionam margens operacionais adequadas.

A classificação considera a redução das atuais pressões sobre a liquidez da Espaçolaser e dos riscos de refinanciamento em decorrência das atuais propostas de emissão.

A perspectiva estável do rating corporativo se baseia na expectativa de manutenção de adequada performance operacional da companhia, com retomada gradual do crescimento da base de negócios, fortalecimento da rentabilidade e manutenção de moderada alavancagem financeira.