quarta, 17 de abril de 2024
Ações

Energisa (ENGI11) recebe aval da Aneel para aplicar reajuste negativo de 4,40% nas tarifas de MT

Nova tarifa passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (8)

03 abril 2024 - 08h20Por José Chacon
.. - Crédito: Energisa/Divulgação

A Energisa (ENGI11) informou, na última terça-feira (2), que a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste médio negativo de 4,40% em suas tarifas de Mato Grosso (EMT).

O reajuste entra em vigor na próxima segunda-feira (8) e será percebido de forma diferente por cada classe de consumo.

Os consumidores atendidos em alta tensão, como as indústrias, terão redução média de 5,61% nas contas de luz, enquanto os conectados em baixa tensão, como residências e pequenos comércios, perceberão uma queda de 3,90%.

A redução de 4,40% reflete reajustes negativos tanto dos itens de custos de Parcela A (compra de energia) como da Parcela B (custos operacionais), que juntos contribuíram para uma redução de 1,14%.

A inclusão dos componentes financeiros apurados no atual reajuste levaram a um efeito de -2,13%, enquanto a retirada dos componentes financeiros estabelecidos no processo tarifário anterior contribuíram para uma variação de -1,12%.

 

Aproveite a oportunidade de alavancar seus investimentos. A Ipê Avaliações já avaliou mais de R$100 bilhões em ativos, proporcionando insights valiosos para gestores e administradores.