terça, 16 de abril de 2024
Ações

Cielo (CIEL3): acionistas minoritários oferecem apoio a OPA, caso preço por ação seja elevado

Grupo ainda pediu suspensão da assembleia especial que acontece hoje, mas companhia recusou pedido

02 abril 2024 - 08h06Por José Chacon
Cielo (CIEL3)Cielo (CIEL3) - Crédito: Divulgação: Cielo, por Evidência Consultoria e Comunicação

A Cielo (CIEL3) informou nesta terça-feira (2), que recebeu cartas de apoio dos acionistas Encore, Clave, Clave Alternativos, XP, AZ Quest Investimentos, Vinland Capital e Absolute, na qualidade de gestoras de veículos de investimento titulares, em conjunto, de aproximadamente 7% do seu capital social e dos acionistas controladores da companhia, à conversão do registro da Cielo de companhia aberta da categoria “A” para a “B” e à sua saída do Novo Mercado.

Os acionistas minoritários se comprometeram a apoiar a OPA, sob a condição, dentre outras, de que os ofertantes se comprometam a elevar o preço por ação da oferta para R$ 5,60.

Eles esperam que o valor corresponda aos dividendos, juros sobre capital próprio ou outros proventos que vierem a ser futuramente declarados (a partir do momento em que as ações ficarem ex-proventos) pela companhia entre esta data e a data do leilão da OPA (mas sem a dedução do valor correspondente aos juros sobre capital próprio a serem pagos em 30 de abril de 2024).

Pedem ainda que o preço seja ajustado com base na variação acumulada da taxa média diária de juros de Certificados de Depósito Interbancário – CDI desde esta data até a data de liquidação da OPA e ajustado proporcionalmente em razão de quaisquer grupamentos ou desdobramentos de ações de emissão da Cielo, nos termos do edital da OPA.

Nesse caso, o grupo de acionistas solicitou a suspensão da Assembleia especial que acontece nesta terça, para terem tempo hábil na análise do Novo Preço da OPA e visando a possibilidade de alterar os boletins de voto à distância enviados antes do Anúncio do Novo Preço da OPA.

No entanto, a Cielo manteve o encontro de hoje.