sábado, 18 de maio de 2024
Ações

BRB (BSLI3) aprova aumento de capital social de até R$ 1 bilhão

O preço de emissão foi fixado em R$ 8,45 por ação, sem diluição injustificada para os atuais acionistas

14 maio 2024 - 20h24Por Lucas de Andrade

O conselho de administração do Banco de Brasília (BRB)(BSLI3)(BSLI4) aprovou um aumento do capital social, dentro do limite previsto, por meio de emissão de até 17.500.000 ações ordinárias (ON), todas nominativas, escriturais e sem valor nominal, e de até 100.843.196 ações preferenciais, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal para subscrição privada, ao preço de emissão de R$ 8,45 por ação, no montante de até R$ 1.000.000.006,20.

O preço de emissão foi fixado, sem diluição injustificada para os atuais acionistas do BRB.

O aumento de capital visa a elevação do BRB a novos marcos históricos e consolidação de destaque no cenário nacional, e expandir a marca para novos públicos e nichos de mercado.

Portanto, os recursos líquidos recebidos no âmbito da operação terão como destinação a implementação dos planos e estratégias de crescimento previstos no Planejamento Estratégico.

O aumento de capital pode ser parcialmente homologado em caso de subscrição de ações, e representar, no mínimo, R$ 50.000.002,00.

Após a homologação parcial ou integral do aumento de capital pelo conselho de administração do BRB, a operação vai estar sujeita, ainda, à aprovação prévia pelo Banco Central do Brasil, nos termos da legislação e da regulamentação aplicáveis.