sexta, 19 de abril de 2024
Ações

AES (AESB3) deve receber proposta da Equatorial (EQTL3) e CPFL (CPFE3) para comprar ativo no Brasil

Segundo o Valor Econômico, além dessas companhias, a CTG também tem interesse nos ativos da americana e a operação de venda é assessorada pelo Itaú BBA

22 fevereiro 2024 - 12h37Por Redação SpaceMoney

AES Brasil (AESB3deverá receber em março propostas vinculantes para a compra de seus ativos no Brasil, segundo apuração do site Valor Econômico. Entre os grupos interessados no négocio estão: Equatorial (EQTL3), CTG  e CPFL (CPFE3).

O veículo já havia adiantado, em maio de 2023, que a companhia buscava um sócio para os seus negócios ou mesmo sair do país e tinha contratado o Itaú BBA para assessorá-la na operação. O Goldman Sachs também participa como assessor financeiro.

A americana AES Corp é a acionista controladora da empresa. A AES Brasil opera atualmente usinas hidrelétricas, eólicas e solares no país, com uma capacidade instalada total de 4,4 gigawatts (GW).

Em 2018, a companhia vendeu o controle da Eletropaulo para a italiana Enel e tem se desfeito de ativos para se concentrar em energia renovável.

Em resposta ao Valor, a CPFL informou que “está constantemente olhando as oportunidades que surgem no setor elétrico e que estejam em linha com sua estratégia de negócios”. As demais companhias especuladas não retornaram o veículo.

As informações são do Valor Econômico.