quinta, 19 de maio de 2022
Recomendações

XP: após distribuir proventos bilionários, quais são as perspectivas para a Vale (VALE3) em 2022?

Apenas nos últimos doze meses, a mineradora distribuiu cerca de R$ 73 bilhões em forma de dividendos recorrentes e extraordinários e juros sobre o capital próprio (JCP)

07 dezembro 2021 - 14h24Por Redação SpaceMoney

No último mês de setembro, a Vale (VALE3) distribuiu R$ 40,2 bilhões em dividendos, o maior montante distribuído desde o acidente de Brumadinho/MG em janeiro 2019.

Nos últimos doze meses encerrados em novembro, a mineradora distribuiu cerca de R$ 73 bilhões em forma de dividendos recorrentes e extraordinários e juros sobre o capital próprio (JCP).

Segundo relatório da XP produzido por Jennie Li, estrategista de Ações, e Thales Carmo, analista de Mineração e Siderurgia e Papel e Celulose, redigido por Juliana Kirihata, essa remuneração ao acionista representa um retorno com dividendos (dividend yield) de 22%, o que se compara com a sua média de cerca de 3% nos últimos 5 anos.

Mas como funciona o pagamento de dividendos? Vale a pena investir na empresa? Quais as perspectivas para os próximos anos?

Veja abaixo sete pontos sobre dividendos e as ações da empresa:

O que são dividendos?

Dividendos representam uma participação do acionista nos lucros de uma empresa, e são distribuídos proporcionalmente à quantidade de ações que o investidor possui.

De acordo com a Lei das S.A., as empresas de capital aberto têm que distribuir no mínimo 25% dos seus lucros a acionistas.

Como funciona o pagamento de dividendos da Vale?

A Política de Remuneração aos Acionistas vigente da Vale (VALE3) determina que os dividendos sejam pagos semestralmente: uma parcela em setembro (referente aos resultados do primeiro semestre) e outra em março (referente aos resultados do segundo semestre).

Adicionalmente, a Vale ainda determina que o mínimo a ser pago seja calculado por 30% do EBITDA ajustado menos Investimento Corrente, ou seja, 0,3x (EBITDA ajustado – Investimento Corrente), dando mais previsibilidade e transparência ao acionista.

Além do dividendo mínimo, a companhia ainda pode deliberar dividendos extraordinários ao longo do ano.

Quais as perspectivas para 2022?

O alto montante distribuído reafirma o comprometimento da companhia em distribuir o forte caixa gerado aos acionistas, dado o baixo nível de alavancagem atual.

Mesmo considerando uma curva de minério de ferro mais conservadora, a XP ainda vê a Vale (VALE3) apresentando um fluxo de caixa livre sólido e fortes dividendos nos próximos anos.

A XP acredita que a Vale pagará um dividend yield mínimo de 9,0% em 2022. Adicionalmente, considerando a baixa alavancagem, os analistas não descartam potenciais dividendos extraordinários.

Lembrando que esse yield mínimo esperado é menor que os 22% dos últimos 12 meses por conta do pagamento de aproximadamente R$11 milhões em junho, na forma de dividendos extraordinários.

Vale investir em uma ação só de olho nos dividendos?

O retorno total de ações que pagam dividendos pode trazer uma volatilidade menor para o investidor, mas o pagamento de dividendos não segue necessariamente um padrão.

Há empresas que tendem a pagar dividendos mensais, trimestrais ou semestrais, mas há empresas que fazem os pagamentos de forma bem menos regulares e previsíveis. Portanto, é necessário analisar o histórico de pagamento das empresas, mas sabendo que ele pode não se repetir no futuro.

A natureza dos negócios da empresa também pode ajudar a ter uma ideia sobre o pagamento de proventos.

Por exemplo, empresas do setor elétrico, em que a demanda é mais regular, geralmente pagam dividendos de forma consistente e devem se manter assim. Empresas ligadas a commodities podem pagar altos dividendos, mas são muito mais voláteis por dependerem também dos preços das commodities, que oscilam bastante.

No caso da Vale, os analistas da XP recomendam que o investidor também não deve olhar somente o pagamento de dividendos na hora de investir.

"É importante ter em mente que a Vale é uma empresa de commodities, portanto, sua performance é muito relacionada às commodities que produz, como o minério de ferro", dizem.

Além disso, devem ser levados em consideração a qualidade dos ativos da companhia, as perspectivas de crescimento, os fatores macroeconômicos dos países que influenciam a cadeia da commodity (a China tem forte influência no mercado siderúrgico global e, portanto, no minério de ferro) etc.

Vale a pena investir nas ações da Vale (VALE3)?

No terceiro trimestre, a empresa divulgou resultados operacionais piores do que o esperado, afirma a XP.

Após uma forte queda nos preços de minério de ferro, porém, Li e Carmo veem um valuation atrativo para as mineradoras.

"Mesmo assumindo uma curva de preços mais conservadora, ainda vemos potencial de valorização em termos de valuation, além do pagamento de dividendos robustos e recompras de ações para as mineradoras brasileiras", dizem.

No caso da VALE3, a XP mantém recomendação de compra.

Como saber se uma empresa é boa pagadora de dividendos?

O melhor indicador para olhar é o dividend yield, ou rendimento do dividendo, que divide o valor do dividendo dentro de um período de tempo (normalmente os analistas olham para uma janela de 12 meses) e o preço da ação.

"Dessa forma, conseguimos comparar os pagamentos de dividendos de diferentes tipos de empresa", ressaltam os analistas.

Além de olhar o dividend yield, o investidor deve analisar também o histórico de pagamentos para entender se a empresa tende a fazê-los de forma consistente e regular.

Distribuição de dividendos x preço das ações

O anúncio de distribuição de dividendos pode trazer um retorno positivo para as ações, no sentido de que geralmente é uma notícia bem recebida pelos investidores.

É uma indicação de que a empresa está gerando caixa, e os investidores reagem bem por estarem sendo recompensados com o rendimento extra.

Porém, outros fatores também podem influenciar no preço das ações e podem se sobrepor ao anúncio de dividendos: fatores políticos, fiscais e econômicos, por exemplo.

Veja abaixo o exemplo de como se comportaram as ações da Vale (VALE3) e as divulgações sobre as distribuições de dividendos:

 

*Conteúdo originalmente publicado pela XP.

*Com informações de Agência Fato Relevante.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content