terça, 18 de janeiro de 2022
[Square Banner - Mobile Topo 2] [300x250] [mobile] - Assessoria Ipê Investimentos 2022
[SpaceNow Desktop] [200x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
[SpaceNow Mobile] [150x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
Dona do Ponto e Casas Bahia

Via anuncia plano de abertura de 120 novas lojas físicas em todo o país até o fim de 2021

Segundo a companhia, as novas lojas devem gerar cerca de 5 mil empregos diretos. 

21 julho 2021 - 17h14Por Redação SpaceMoney
[Billboard Topo 2] [970x250] [pagina-inicial] - Assessoria Ipê Investimentos 2022

A Via, dona do Ponto e Casas Bahia, anunciou nesta quarta-feira (21) que pretende chegar até o fim de 2021 com cerca de 120 novas lojas físicas em todo o país. De acordo com o comunicado ao mercado, será uma média de 20 inaugurações por mês até novembro, sendo que 22 já foram inauguradas.

Segundo a companhia, as novas lojas devem gerar cerca de 5 mil empregos diretos. 

"Das novas lojas, 90 estarão localizadas nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, sendo que algumas delas foram recém inauguradas nos estados da Bahia, Ceará, Pará, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e Maranhão. Apenas no estado do Pará, estão previstas 50 novas lojas nos próximos 2 meses, com 48 já com locações contratadas", disse o documento.

[04] [Square Detalhe Notícia] [300x250] [geral] Melhores investimentos 2022

O comunicado informa, ainda, que estão previstas 19 novaslojas na região Sul, 12 novas unidades no centro-oeste e sete inaugurações na região Sudeste.

Atualmente, a companhia conta com 55 mil lojistas em sua plataforma de marketplace. Em março, esse número era de 26 mil. A Via disse que pretende atingir 70 a 90 mil lojistas até o final do ano de 2021.

A Via também informou que de janeiro a março deste ano a venda total no canal online subiu 123% em relação ao mesmo período do ano passado. Por outro lado, a venda total em lojas físicas caiu 9,6%.

"Os pedidos de Black Friday e Natal já foram colocados para a indústria. Tais pedidos são equivalentes a aproximadamente 40% a 45% da produção a depender da indústria e do produto", informou o comunicado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content