Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Mercado imobiliário

Venda e aluguel de imóveis usados devem crescer 10% em 2021, prevê startup

De acordo com a Kenlo, o mercado de usados teve um salto de 52% no volume de negócios em 2020, quando comparado com 2019

07 abril 2021 - 15h36Por Redação SpaceMoney

A startup do setor imobiliário Kenlo prevê um crescimento no mercado secundário de imóveis – entre venda e aluguel – de 10% em 2021, informou a empresa em nota nesta quarta-feira (7).

De acordo com o Painel do Mercado Imobiliário (PMI) produzido pela Kenlo o mercado de usados teve um salto de 52% no volume de negócios em 2020, quando comparado com 2019.

"O prognóstico para 2021 leva em conta o fato de muitas pessoas repensarem a questão do morar que, em função da pandemia, fez com que muitas empresas colocassem seus funcionários em home office. Isso resultou em muitos brasileiros passando mais horas em casa, dividindo no mesmo espaço os ambientes familiar e profissional", explica Denise Ghiu, especialista de mercado da área de inteligência do Kenlo.

Ainda segundo Denise, o país vive um momento de taxa de juros baixa, mesmo com a recente elevação da Selic, o que possibilita opções atrativas de financiamento.

"Os números explicam isso. Mesmo com a alta, a Selic, que é um balizador para todo o mercado de financiamento, está em 2,75%. Já quando olharmos para o IGP-M, que é aplicado na correção dos aluguéis, observamos que ficou acima de 23% em 2020", disse.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: