terça, 28 de maio de 2024
SpaceMercado

Suzano (SUZB3): deputados protocolam pedido de CPI após MST ocupar terras da companhia e outras

Na quarta-feira (15) à noite, 172 parlamentares endossaram um documento pelo requerimento da Comissão, informou a analista Basília Rodrigues, da CNN Brasil

16 março 2023 - 10h46Por Lucas de Andrade
MST ocupa terrenos da Suzano, na Bahia (BA)MST ocupa terrenos da Suzano, na Bahia (BA) - Crédito: Coletivo de Comunicação do MST na Bahia (BA)

A Comissão Parlamentar de Inquérito do MST alcançou o número mínimo de assinaturas para ser instalada, em uma ação coordenada pela bancada ruralista.

Na quarta-feira (15) à noite, 172 deputados endossaram o pedido, informou a analista Basília Rodrigues, da CNN Brasil. O veículo apurou que o requerimento de abertura já foi protocolado no sistema da Câmara dos Deputados.

Na peça, os autores do pedido escrevem que, em 5 de março deste ano, por exemplo, produtores rurais do município de Santa Luzia, no sul da Bahia, tiveram que se mobilizar para impedir a invasão da Fazenda Ouro Verde, “uma propriedade extremamente produtiva e que emprega mais de cinquenta pessoas” .

“O grupo sem terra chegou a expulsar os funcionários de forma violenta e quebrou porteiras”, descreveram os deputados. No entanto, a posse da fazenda foi retomada e os envolvidos escoltados até a delegacia de Camacan, onde foram identificados.

Suzano (SUZB3)

No fim de fevereiro, participantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram três fazendas de eucalipto, no sul da Bahia (Teixeira de Freitas, Mucuri e Caravelas). Cerca de 1.550 militantes da organização ocuparam os terrenos da Suzano (SUZB3).

O movimento alegava que a área estava abandonada há quinze anos e que a empresa prejudica as poucas áreas cultivadas pelas famílias camponesas, enquanto lucrou, somente no terceiro bimestre de 2022, R$ 5,44 bilhões.

Procurada pela CNN, a Suzano afirmou, à época, que as ações violavam “o direito à propriedade privada” e que estavam “sujeitas à adoção de medidas judiciais para reintegrar a posse dessas áreas”.

Ao canal de notícias, a companhia alegou que gera aproximadamente 7.000 mil empregos diretos, mais de 20.000 postos de trabalho indiretos e beneficia cerca de 37.000 pessoas pelo efeito renda.

Tags: Suzano, SUZB3