Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Mais uma suspensão

Rússia restringe compra de carne bovina do Brasil após casos de vaca louca, diz jornal

O serviço de inspeção russo determinou que a importação da proteína dos estados do MT e de MG só pode acontecer se for de gado abatido com 30 meses ou menos

17 setembro 2021 - 09h08Por Reuters

Por Gabriel Araújo, da Reuters - A Rússia impôs restrições a frigoríficos brasileiros de carne bovina depois que dois casos atípicos da doença da "vaca louca" foram detectados neste mês, informou o jornal Valor Econômico nesta sexta-feira (17).

Segundo a publicação, o serviço de inspeção russo Rosselkhoznadzor determinou que a importação da proteína dos Estados de Mato Grosso e Minas Gerais, onde foram encontrados os casos de vaca louca, só pode acontecer se for de gado abatido com 30 meses ou menos.

A carne também precisaria de certificação veterinária quanto à idade dos animais abatidos, disse o Valor, acrescentando que as restrições também valem para importação de gado vivo.

A medida ocorre depois que a Arábia Saudita suspendeu as importações de carne bovina de cinco frigoríficos brasileiros localizados em Minas Gerais, também em função da ocorrência da doença.

O Brasil --o maior exportador mundial de carne bovina-- também suspendeu temporariamente os embarques da proteína para seu principal cliente, a China, em linha com um protocolo de saúde assinado entre os dois países.

O Ministério da Agricultura do Brasil e o Rosselkhoznadzor da Rússia não responderam imediatamente aos pedidos de comentários por e-mail da Reuters.

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: