terça, 09 de agosto de 2022
[E-BOOK - COMO INVESTIR 50K - SPACENOW DESKTOP - 200X74]
Mercado cripto

Rússia pode usar Bitcoin para evitar sanções econômicas e alavancar mercado das criptos

De imediato, conflito entre Rússia e Ucrânia tem se mostrado uma potencial ferramenta para pressionar ainda mais o mercado de criptomoedas. Porém, as sanções à Rússia podem reverter esse quadro

25 fevereiro 2022 - 13h28Por Redação Spacemoney

A invasão da Rússia à Ucrânia teve uma resposta internacional rápida com sanções aos russos. O presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou uma onda de sanções contra bancos e empresas estatais da Rússia. Além disso, a Alemanha congelou a aprovação do projeto de gás Nord Stream 2, projetado para aumentar o fluxo de gás russo para o continente europeu.

Buscando rentabilidade na Bolsa de valores? Saiba como aumentar seus retornos com um assessor da Ipê Investimentos via WhatsApp.

De imediato, o conflito tem se mostrado uma potencial ferramenta para pressionar ainda mais o mercado de criptomoedas. Porém, as sanções à Rússia podem impulsionar transações com criptos mais para frente.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

Conforme relatório semanal da XP sobre o mercado criptos, as moedas digitais têm se provado como uma eficiente forma de transferência de valores. "Na Ucrânia, o USDT, stablecoin indexada ao dólar, chegou a negociar por US$ 1,1 por moeda, ou seja, estava negociando acima do seu valor intrínseco", pontuou o relatório. 

Isto ocorre em consequência da grande demanda dos ucranianos para converter a moeda local em dólar e deixar o país.

Em momentos de crises e falhas do sistema financeiro tradicional, diz a XP, as criptos têm se provado como uma alternativa eficiente e segura. Repostas similares podem ser observadas no Canadá e foram vistas durante a guerra no Afeganistão.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

"Além disso, as sanções do ocidente dificultando o acesso ao financiamento externo da Rússia poderá levar ao confisco do dinheiro da população em bancos locais. O movimento resultaria em uma perda de confiança no sistema financeiro tradicional e poderia ocasionar um grande fluxo de investimento dos russos para as criptomoedas, buscando a preservação de seus patrimônios", ressalta o relatório.

“Assim como no sistema financeiro tradicional, a Rússia pode aproveitar a criptomoeda para evitar as sanções que estão sendo implementadas em resposta à invasão da Ucrânia”, disse Caroline Malcolm, chefe de política internacional da Chainalysis, ao Decrypt.

Em outubro do ano passado, o governo Biden alertou que as criptomoedas poderiam minar o regime de sanções mais amplo dos Estados Unidos.

“Essas tecnologias oferecem aos atores malignos oportunidades de manter e transferir fundos para fora do sistema financeiro”, disse o Departamento do Tesouro em um relatório.

Uma das principais sanções que está sendo cogitada pelos países do Ocidente contra a Rússia é sua exclusão do Swift (Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication), o sistema internacional de transferência de recursos entre instituições financeiras.

Se isso acontecer, o bitcoin poderia aparecer como uma alternativa para pagamentos via blockchain, alancando com ele outras criptomoedas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: