Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Crescimento sustentável

Programa de residência de startups verdes da Prefeitura de SP prorroga inscrições até 4 de junho

Iniciativas selecionadas poderão utilizar gratuitamente toda a estrutura do Hub Green Sampa, primeiro centro de tecnologias verdes da cidade

17 maio 2021 - 11h22Por Redação SpaceMoney

As inscrições para o programa gratuito de residência do Green Sampa, que se encerravam neste domingo (16), foram prorrogadas até 04 de junho.

A iniciativa da Ade Sampa, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo da Prefeitura de São Paulo, selecionará 20 startups de tecnologias verdes da capital para residirem por um ano no Hub Green Sampa, primeiro centro de inovação e negócios verdes da capital, a ser instalado na Praça Victor Civita, zona oeste da cidade.

Para participar, os interessados devem apresentar projetos e soluções inovadoras sustentáveis dentro de nove eixos: água e saneamento; ecoagricultura e segurança alimentar; eficiência e clean web; eficiência energética, energias limpas e armazenamento energético; indústria limpa e logística reversa; mobilidade urbana e transportes; parques e áreas verdes; qualidade do ar e resíduos sólidos.

No local, serão realizadas rodadas de negócios com o objetivo de aproximar startups com ideias inovadoras a donos de grandes empresas, universidades, centros de pesquisas, entre outros. Startups residentes poderão expor as suas iniciativas e suas tecnologias para apreciação do público. 

Além do espaço físico, os selecionados receberão também um ano de aceleração, que será composto por acesso ao mercado nacional e internacional, assessorias e mentorias coletivas e individuais.

"As tecnologias verdes vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado. As empresas estão investindo cada vez mais em sustentabilidade ambiental e econômica. E é visando esse futuro econômico que estamos criando o Hub Green Sampa e iniciando este programa de residência. Queremos promover cada vez mais a economia verde na capital, principalmente durante a retomada econômica da cidade, quando poderemos gerar mais impacto e empregos para todos", declara a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso.

Além da residência, as empresas selecionadas participarão de um programa de aceleração. Os interessados podem se inscrever pelo link: http://www.bit.ly/editalaceleracaogreen2021.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: