Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Imposto de Renda

Pacheco diz ser muito difícil votação de mudanças do IR em outubro

De acordo com presidente do Senado, proposta precisa ser amadurecida na Comissão de Assuntos Econômicos

01 outubro 2021 - 13h36Por Reuters.com

Por Lisandra Paraguassu, da Reuters - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse nesta sexta-feira (1) que dificilmente a Casa irá votar o projeto do novo Imposto de Renda ainda no mês de outubro, como esperava a equipe econômica do governo.

"Acho difícil IR chegar ao plenário ainda em outubro, mas vamos trabalhar por isso, mas ainda há o amadurecimento na Comissão de Assuntos Econômicos, não é uma tarefa fácil", disse Pacheco em entrevista à Rádio Gaúcha.

O senador afirmou ainda que serão feitas audiências públicas na CAE sobre as mudanças no IR, antes de que se possa aprovar o relatório e levar a plenário. E tampouco quis prever quais as chances do projeto ser aprovado em plenário como está.

Pacheco disse ainda que está procurando alternativas de financiamento para a expansão do Bolsa Família, e criticou as apostas do governo nas mudanças do IR para financiar o programa.

"Tenho buscado alternativas porque acho temerário apostar todas as fichas de projeto social tão importante em um projeto que sequer foi aprovado ainda", disse.

A incerteza sobre a aprovação dos projetos fez com que surgissem pressões no Congresso para que o governo estenda mais uma vez o auxílio emergencial, que se encerra agora em outubro.

Mais tarde, em discurso no Palácio do Planalto, o ministro da Economia, Paulo Guedes, cobrou "ajuda" do Congresso com a aprovação do projeto do IR e da Proposta de Emenda à Constituição que permite o adiamento e o parcelamento dos pagamento dos precatórios.

O governo diz que precisa de ambas para bancar o aumento do Bolsa Família.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: