segunda, 16 de maio de 2022
Abertura de mercado

O que esperar para bolsa e câmbio no Brasil nesta 2ª-feira (1º)

Confira aqui as principais notícias, a agenda das autoridades e o informe corporativo do dia

01 novembro 2021 - 09h45Por Investing.com
 - Crédito: M. B. M. via Unsplash

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Os investidores estão de olho na possível greve dos caminhoneiros, que estava programada para hoje, 01, mas até o momento não há bloqueios nas rodovias.

O Ibovespa Futuros avança 0,54%, às 09h21, enquanto o dólar futuro sobe 0,15%.

EUA

Nos Estados Unidos, investidores aguardam a próxima reunião do FOMC, que irá decidir sobre o possível início da retirada dos estímulos monetários e comentar sobre a inflação.

Os futuros do Dow Jones sobem 0,41%, enquanto os da Nasdaq 100 e da S&P 500 avançam 0,35% e 0,38%, respectivamente.

Covid-19: Brasil

O Brasil registrou neste domingo (31) mais 6.761 novos casos de infecções pela Covid-19 e a doença provocou as mortes de mais 130 pessoas, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

Os números levam o total de infecções pela Covid-19 no país a 21.810.855 e o de pessoas que morreram pela doença para 607.824.

Dificuldade para entrar na OCDE

Membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) possuem “grandes reticências” em incluir o Brasil no grupo agora, por causa do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o Valor Econômico, é difícil que esse processo inicie antes das eleições presidenciais do ano que vem.

Segundo fontes que conversaram com o jornal, o presidente da França, Emmanuel Macron, é um dos principais opositores à filiação do Brasil agora.

Além dos conflitos pessoais com Bolsonaro, que insultou a esposa de Macron, o governo francês não quer validar as políticas ambientais do presidente brasileiro.

Outro elemento que prejudica a inclusão do Brasil na OCDE é a falta de relação entre Bolsonaro e o presidente americano Joe Biden, uma vez que os Estados Unidos têm grande peso na decisão por novos membros.

Ainda assim, a secretária do Tesouro americana, Janet Yellen, prometeu agir ativamente para ajudar o Brasil nesse processo.

Mais notícias

Caminhoneiros - O Ministério da Infraestrutura informou que não há registro de nenhuma ocorrência de bloqueio parcial ou total em rodovias federais ou pontos logísticos estratégicos nesta segunda-feira, 1º de novembro, dia no qual há expectativa de greve de caminhoneiros no País.

Inadimplência - Os 62,21 milhões de inadimplentes no Brasil representam a quantidade mais baixa desde abril, quando houve o pico recente. Mas o valor total das dívidas segue em alta: em setembro, somava R$ 245,3 bilhões, aumento mensal de 0,34%.

As informações são da quinta edição do 'Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas no Brasil', divulgado pela Serasa.

Imposto global - Líderes das 20 maiores economias do mundo reunidos em encontro de cúpula do G20 decidiram apoiar um acordo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) por um imposto corporativo mínimo e global de 15%, com o objetivo de implementar as regras em 2023.

Agenda das autoridades

Jair Bolsonaro - Cerimônia de Outorga do Título de Cidadão Honorário do Município de Anguillara Vêneta; Almoço oferecido pela Prefeita italiana Alessandra Buoso e pela comunidade de Anguillara Vêneta para a Família Bolsonaro; Visita à Basílica de Santo Antônio de Pádua, na Itália.

Paulo Guedes - Atualmente não existem compromissos agendados.

Campos Neto - Atualmente não existem compromissos agendados

Informe corporativo

BK Brasil - A BK Brasil, operadora do Burger King (SA:BKBR3) no Brasil, anunciou no domingo, 31, ter desistido de assumir o controle da DP Brasil, dona da Domino's Pizza no País.

O negócio, anunciado em julho, criaria uma rede com 1.200 restaurantes - incluindo as unidades da Popeye's, também geridas pela BK Brasil.

O distrato da aquisição, no entanto, preserva o direito de preferência da BK Brasil na compra do controle da DP Brasil por doze meses.

Carrefour (SA:CRFB3) - O Carrefour Group anunciou que decidiu elevar o objetivo de redução das emissões de CO2 e estabeleceu como meta a neutralidade de carbono até 2040.

Para isso, pretende reduzir as emissões decorrentes de suas atividades na fonte. Isso envolverá o uso de eletricidade totalmente renovável até 2030, substituindo todos os seus refrigerantes fluorados por fluidos naturais e reduzindo ainda mais seu consumo de energia.

Segundo comunicado do grupo, essas iniciativas juntas vão economizar 1,280 milhão de toneladas de CO2 equivalente até 2040.

CCR (SA:CCRO3) - A CCR informou no seu boletim semanal de tráfego rodoviário que, nas rodovias, o tráfego total cresceu 18,5% entre 22 a 28 de outubro deste ano, ante o mesmo intervalo do ano passado. Sem a concessionária ViaSul e ViaCosteira, houve avanço de 1,8%.

Já no acumulado do ano até 28 de outubro, a movimentação apresentou alta de 18,8% (consolidado) e de 9,2% (sem ViaSul e Via Costeira).

A CCR também venceu o leilão de concessão da rodovia Dutra. A empresa concorreu com a Ecorodovias (SA:ECOR3) e ganhou a disputa com desconto de 15,31% no valor da tarifa básica e outorga de R$ 1,8 bilhão.

A Ecorodovias fez uma proposta de desconto de 10,6% na tarifa básica e encerrou sua participação no leilão. Com isso, a CCR continua a administrar a rodovia por mais 30 anos e vai fazer investimentos de R$ 15 bilhões.

Vale (SA:VALE3) - A Vale concluiu o programa de recompra de ações ordinárias e suas respectivas ADRs.

Segundo a companhia, foi atingido o objetivo de readquirir o total de 270 milhões de ações ordinárias a um preço médio de US$ 19,55 por ação, o que representa cerca de US$ 5,279 bilhões.

A empresa também anunciou outro programa de recompra, de até 200 milhões de ações ordinárias e seus respectivos ADRs, que representará até 4,1% do número total de ações em circulação, a ser executado em um período de até 18 meses.

A Vale prevê passar grande parte de 2022 com capacidade anual de produção de 343 milhões de toneladas de minério de ferro, patamar que deve ser atingido ainda em 2021.

Atualmente, a empresa opera com uma capacidade de produção de 341 milhões de toneladas, bem próxima de atingir a meta para este ano.

B3 (SA:B3SA3) - A B3 recebeu um auto de infração da Receita Federal do Brasil questionando a tributação de variações cambiais positivas do investimento no CME Group em 2016, no valor de R$ 1,17 bilhão.

Desse montante, R$ 860,10 milhões referem-se ao Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e R$ 311,92 milhões à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Ânima (SA:ANIM3) - A Ânima anunciou nesta sexta-feira, 29, o fechamento da venda das Escolas Internacionais de Florianópolis e Blumenau e do Colégio Tupy (SA:TUPY3), em Joinville, para a Bahema Educação.

A operação tem valor fixo mínimo de R$ 30 milhões, como anunciado em junho.

Raízen (SA:RAIZ4) - A Raízen, a Shell (NYSE:RDSa) e a Volkswagen (DE:VOWG) do Brasil anunciaram na sexta-feira (29) que assinaram acordo para descarbonizar o setor automotivo, com iniciativas como uma nova fórmula de etanol, pesquisa e desenvolvimento de biocombustíveis no Brasil, e medidas para ampliar o uso do etanol no mundo.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content