Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Comunicado

"Nova alta da Selic e aumento do IOF penalizam pessoas e empresas", diz Fiesp

Entidade afirmou também que medidas agravam quadro de endivadamento das famílias

23 setembro 2021 - 09h45Por Redação SpaceMoney

Em comunicado nesta quarta-feira (22), a Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) disse que o aumento da taxa básica de juros (Selic), de 5,25% para 6,25%, junto com a elevação do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), penaliza as pessoas e as empresas em um momento de frágil recuperação dos impactos econômicos da pandemia.

A entidade ressaltou que o percentual de renda das famílias comprometido com dívidas é recorde e que o aperto monetário “agrava esse quadro de endividamento, reduzindo o consumo das famílias e prejudicando a atividade econômica”.

Em relação as empresas, a Fiesp disse que as medidas “além de aumentar o custo de crédito, vai tirar competitividade e dificultar a retomada do investimento”.

A Fiesp finaliza o comunicado afirmando que os aumentos na atual conjuntura “prejudica a necessária retomada econômica sustentada com a geração de empregos e renda de que o Brasil tanto precisa”.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: