Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Cumprimento de sentença

MP de Minas cobra R$2,5 bi de Samarco e sócias para atingidos por desastre de Mariana

Companhias afirmaram que não foram ainda notificadas da ação e reiteraram seus compromissos com os atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão

05 outubro 2021 - 19h56Por Reuters

Por Marta Nogueira, da Reuters - O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) informou nesta terça-feira (5) que pediu cumprimento de sentença contra Samarco, Vale e BHP, de 2,5 bilhões de reais como reparação aos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em novembro de 2015, em benefício de 1.300 famílias.

Em comunicado, o MP pontuou que quase três anos após a homologação de um acordo, "a obrigação não foi integralmente cumprida e sequer está próxima de sê-lo, razão pela qual se propõe este requerimento de liquidação/cumprimento de sentença".

"Nem 30% dos atingidos foram indenizados. As rés vêm resistindo de forma continuada ao adimplemento adequado das obrigações impostas", disse o órgão.

Procuradas, as três companhias afirmaram que não foram ainda notificadas da ação e reiteraram seus compromissos com os atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Samarco adicionou que, até o momento, já foram indenizadas mais de 330 mil pessoas, tendo sido destinados mais de 15,57 bilhões de reais para as ações executadas pela Fundação Renova, responsável por gerir reparações e indenizações.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: