segunda, 08 de agosto de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Fora de jogo

Luiza Trajano nega ser candidata, mas defende união pelo bem do país

Segundo empresária, a pandemia escancarou a desigualdade social no país e os empresários são co-responsáveis por ajudar na solução do problema

05 outubro 2021 - 19h37Por Reuters

Por Rodrigo Viga Gaier, da Reuters - A empresária Luiza Trajano, presidente do conselho de administração da rede varejista Magazine Luiza (SA:MGLU3), garantiu nesta terça-feira (5) que não será candidata a nenhum cargo eletivo em 2022, mas pregou união para o país vencer os problemas causados pela Covid-19.

Para Luiza Trajano, a pandemia escancarou a desigualdade social no país e os empresários são co-responsáveis por ajudar na solução do problema. A empresária disse que o país precisa unir forças e não ficar dividido em polos opostos.

“A gente tem que mudar de rota... a desigualdade social foi escancarada e a responsabilidade não é do governo, é nossa. Vivemos um momento de muita desunião“, disse ela em evento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

“Para falar bem de uma coisa não precisa falar mal de outros. Vamos falar dessa coisa de um lado e de outro. O mundo precisa de união e o Brasil precisa de projetos", acrescentou a empresária, que foi incluída pela revista norte-americana Time na lista das 100 pessoas mais influentes de 2021.

Pesquisa Genial-Quaest, divulgada nesta terça-feira, mostra a empresária com 4% das intenções de voto em um dos cenários de candidatos para a eleição presidencial de 2022. Na lista que consta o nome de Luiza Trajano, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera com 45% das intenções de voto, o presidente Jair Bolsonaro soma 26% e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) aparece com 11%. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.

“Não saio candidata a nada, nunca pertenci a nenhum partido político... mas sou política desde menina defendendo meu país", disse Luiz Trajano.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

"Quando sou a favor de Bolsa Família sou de esquerda e quando a favor de privatização de muita coisa eu sou direita. Não sou candidata, mas vamos atuar pelo bem do país“, acrescentou.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: