sábado, 25 de junho de 2022
[IPE NECTON - SPACENOW DESKTOP]
Radar corporativo

IRB Brasil (IRBR3) e CCR (CCRO3) lideram quedas no Ibovespa hoje (25) após resultados; índice cai

Na outra ponta do índice, Hypera (HYPE3), 3R Petroleum (RRRP3) e Magazine Luiza (MGLU3) são os destaques positivos

25 fevereiro 2022 - 11h02Por Investing.com
[CURSO OGF - CRIATIVO 2 - BILBOARD TOPO 2 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS E DEMAIS]

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O Ibovespa recua 0,38%, a 111.159 pontos às 10h45, com IRB Brasil  (SA:IRBR3), CCR (SA:CCRO3) e Cielo (SA:CIEL3) liderando as quedas nesta manhã.

Na outra ponta do índice, Hypera (SA:HYPE3), 3R Petroleum (SA:RRRP3) e Magazine Luiza (SA:MGLU3) são os destaques positivos. 

Vejas as principais notícias corporativas do dia:

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

JHSF (SA:JHSF3) - A JHSF anunciou que seu lucro líquido do período somou R$ 254,6 milhões, um aumento de 33,4% sobre igual etapa de 2020. As vendas contratadas no negócio de incorporação, de R$ 340,2 milhões, foram 10% menores ano a ano.

As ações caem 0,72%, a R$ 5,55.

Hypera - A Hypera previu para este ano uma receita líquida de cerca de R$ 7,4 bilhões, um aumento de 25% sobre 2021, um Ebitda aproximado de R$ 2,6 bilhões, alta de 23,8%, e um lucro líquido por volta de R$ 1,7 bilhão de reais, um avanço de 5%.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Os papéis ganham 3,41%, a R$ 33,70.

CCR - A operadora de concessões de infraestrutura CCR (SA:CCRO3) anunciou que teve prejuízo de R$ 133,2 milhões no quarto trimestre, piorando ante o resultado já negativo de R$ 74,8 milhões na mesma etapa de 2020.

A companhia, porém, teve de outubro a dezembro lucro líquido de R$ 182,6 milhões, ante prejuízo de R$ 12,3 milhões um ano antes, nas mesmas base de comparação.

[NECTON IPE -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Segundo a CCR, as diferenças entre esses comparativos têm a ver com efeitos extraordinários, como o vencimento de algumas concessões, como da Rodonorte (PR), que aceleram despesas com depreciação e amortização.

Os ativos despencam 2,82%, a R$ 12,06.

Buscando rentabilidade na Bolsa de valores? Saiba como aumentar seus retornos com um assessor da Ipê Investimentos via WhatsApp.

Americanas (SA:AMER3) - A Americanas divulgou uma alta de 20,5% no lucro líquido do quarto trimestre sobre um ano antes, com desempenho operacional dentro do esperado pelo mercado e um crescimento de vendas digitais de mais de 30%.

No quarto trimestre de 2021, o volume bruto total de vendas (GMV) da Americanas foi de R$ 18,1 bilhões, um crescimento de 28,3% em relação ao mesmo período de 2020.

O número inclui o GMV de lojistas virtuais do marketplace da companhia, que somou R$ 7,3 bilhões, com alta de 40,6%.

Os papéis caem 1,26%, a R$ 29,82.

Randon - A Randon (SA:RAPT4) encerrou o quarto trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 153,1 milhões, queda de 69% em relação a igual período de 2020.

No ano passado, a cifra subiu 5% na comparação anual, chegando a R$ 697,8 milhões. Já o Ebitda consolidado foi de R$ 258,8 milhões nos últimos três meses do ano passado.

O valor representa um recuo de 61,3% quando comparado ao quarto trimestre de 2020. No acumulado de 2021, somou R$ 1,3 bilhões, crescimento anual de 10,7%.

As ações sobem 0,28%, a R$ 10,77.

Ambipar (SA:AMBP3)- A Ambipar adquiriu 100% das quotas das sociedades da Fox, especializada em captação e comercialização de Resíduos Industriais e Materiais Recicláveis, incluindo a logística reversa.

O valor da transação, realizada por meio da controlada integral Environmental Participações, não foi divulgado.

Os ativos avançam 0,17%, a R$ 34,54.

JBS e Banco do Brasil - A fim de facilitar a contratação de crédito por parte de pecuaristas interessados em regularização ambiental, a JBS (SA:JBSS3) acaba de firmar parceria com o Banco do Brasil (SA:BBAS3), que "tem como objetivo conectar esses produtores ao BB".

O projeto colocará à disposição uma equipe técnica "para auxiliar na adequação dos projetos de regularização ambiental e na indicação da linha de crédito ideal para cada situação".

Trata-se, enfim, de "uma ação conjunta para incentivar os produtores a formalizarem suas terras". A parceria contará com apoio dos 15 Escritórios Verdes da JBS, situados em regiões-chave para as atividades pecuárias da companhia.

Os papéis da JBS perdem 2,03%, a R$ 35,76, enquanto os do BB sobem 0,32%, a R$ 34,76.

Vale (SA:VALE3) - A Vale apresentou um lucro líquido de R$ 133,2 bilhões em 2021, uma alta de 294,3% em relação a 2020. O resultado foi impulsionado pelos preços elevados do minério de ferro e cobre.

As ações recuam 1,42%, a R$ 86,30.

BNDES O BNDES registrou em 2021 um lucro líquido recorde de R$ 34,1 bilhões, resultado 65% superior ao registrado em 2020.

O resultado de 2021 foi puxado por ganhos com participações societárias, na casa de R$ 30,6 bilhões, e intermediação financeira, de R$ 19,9 bilhões.

IRB Brasil (SA:IRBR3) - O IRB teve prejuízo líquido de R$ 370,9 milhões no quarto trimestre de 2021, uma redução de 42,4% frente às perdas de R$ 644,2 milhões reportadas para o mesmo período do ano anterior.

Segundo a empresa, o resultado foi negativamente impactado pelos sinistros retidos, que foram 53,7% superiores aos do quarto trimestre de 2020 e marcaram R$ 1,29 bilhão.

Os papéis despencam 4,75%, a R$ 3,01.

GPA (SA:PCAR3) - O GPA teve lucro líquido de R$ 777 milhões no quarto trimestre, queda ante resultado de um ano antes, quando a companhia havia apurado ganhos com créditos tributários.

Excluindo esse efeito extraordinário, o lucro cresceu 107,7% sobre os R$ 374 milhões de outubro a dezembro de 2020.

Os ativos sobem 1,66%, a R$ 91,49.

Assaí (SA:ASAI3) - O GPA anunciou um acordo para a alienação de até 17 imóveis próprios da empresa para o fundo imobiliário Brazel Properties por cerca de R$ 1,2 bilhão.

Segundo comunicado ao mercado, os imóveis serão posteriormente alugados pela cadeia de atacarejo Assaí por um prazo de 25 anos, renováveis por mais 15 anos.

O fechamento da transação ainda requer aprovação das autoridades concorrenciais.

Os papéis ganham 0,67%, a R$ 13,63.

Azul (SA:AZUL4) - A Azul registrou prejuízo líquido de R$ 945,7 milhões no quarto trimestre de 2021, revertendo lucro de R$ 543 milhões no mesmo período de 2020.

No critério ajustado, a companhia reportou prejuízo líquido de R$ 436 milhões no período, ante resultado negativo de R$ 918,2 milhões um ano antes.

As ações se desvalorizam 0,54%, a R$ 25,92.

Celulose Irani (SA:RANI3) - A Irani apresentou um Ebitda ajustado de R$ 134 milhões no 4T21.

Os resultados refletem o custo por tonelada melhor que o esperado, volumes de Papel acima do esperado, maiores despesas administrativas e de vendas, e menores volumes de papelão ondulado e resina.

Os ativos recuam 0,68%, a R$ 5,84.

Ômega Energia (SA:MEGA3)- A Ômega apresentou no 4T21 um Ebitda ajustado pelas participações minoritárias de R$ 406,4 milhões.

Os resultados ficaram abaixo do guidance da companhia e podem ser explicados pelo menor resultado operacional.

Os papéis caem 0,96%, a R$ 10,33.

Deixe seu Comentário

Publicidade
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content