Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Resultados

Inter (BIDI11): mesmo com problemas climáticos, ano do agronegócio continua forte

Apesar de ter apresentado um recuo de 2,8% no segundo trimestre de 2021, o setor continua em crescimento quando avaliados 12 meses

21 setembro 2021 - 13h24Por Investing.com

Por Jessica Bahia Melo, da Investing.com -  Apesar de ter apresentado um recuo de 2,8% no segundo trimestre de 2021, o setor agropecuário continua forte quando avaliados 12 meses, segundo relatório divulgado pelo Banco Inter (SA:BIDI11). Mercado de trabalho mais aquecido, bom desempenho da balança comercial, associado a soja e proteínas, além da produção robusta de soja, trigo e arroz foram fatores destacados na análise.

Conforme aponta o documento, a queda no PIB do setor ocorreu devido à redução na produção de milho na segunda safra, atraso no plantio da soja e pelas condições climáticas. Mesmo assim, a soja e o trigo bateram novos recordes. No acumulado do ano até agosto o país teve um aumento no faturamento de 25,1% para a soja, na comparação com o mesmo período do ano passado. Para açúcares e melaços, o crescimento foi de 18,2%; carne suína de 21,3%, carne bovina de 13,7% e aves 16,9%. O café teve resultado 17,8% superior, enquanto o algodão, 30,5%.  Por outro lado, dos principais itens exportados, o milho teve um decréscimo de 9%.

O setor agropecuário brasileiro terminou o primeiro semestre empregando cerca de 9 milhões de pessoas, um aumento de 7% em relação ao período anterior à pandemia, enquanto o emprego em outros segmentos da economia segue defasado. Na análise do Banco Inter, a atividade no setor deve ser estimulada pelos preços elevados, mesmo que a safra possa ser prejudicada pela estiagem e geadas que ocorreram no terceiro trimestre.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: