Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
IPO

Infracommerce: Eleven vê diferencial em modelo de negócios e recomenda entrada em IPO

A casa de análises pontua que as possibilidades de cross-sell da empresa podem ser aumentadas com possíveis fusões e aquisições estratégicas

22 abril 2021 - 15h48Por Redação SpaceMoney

A Eleven Research recomendou, em relatório divulgado em 19 de abril, a participação no IPO (oferta pública inicial) da empresa de soluções para o varejo on-line Infracommerce. O período de reserva se encerra no dia 26 de abril.

Segundo o documento, o modelo de negócios da empresa é “um de seus maiores diferenciais competitivos”. De acordo com o relatório, isso se dá pela maneira com que a Infracommerce fornece aos seus clientes soluções integradas de pagamentos, logística, frete rápido e competitivo.

“Através deste modelo de negócios a empresa conquistou alguns importantes clientes, como Nike, Motorola, Ray-Ban e Unilever, dentre vários outros nomes. Com estes e outros clientes o CAGR de GMV transacionado em suas plataformas foi de 56% nos últimos três anos, e deve seguir se beneficiando do crescimento acelerado do e-commerce, principalmente após o primeiro ano da pandemia, que aumentou a base de clientes digitais”, disse Eric Huang, analista da Eleven, no relatório.

Além disso, a casa de análises pontua que as possibilidades de cross-sell (a prática de vender um produto ou serviço adicional a um cliente) da Infracommerce podem ser aumentadas com fusões e aquisições estratégicas – fator que pode contribuir para seu crescimento.

Outro ponto destacado no texto é o projeto de ampliação dos centros de distribuição e dark stores (centros de distribuição exclusivamente de compras online) da Infracommerce. A Eleven explica que essa expansão, que aconteceria tanto para outras regiões do Brasil quanto para mercados da América Latina, poderia aumentar a base de clientes da companhia.

A Infracommerce definiu a faixa indicativa de preço em seu IPO entre R$ 22 e R$ 28. Considerando a média da faixa, que fica em R$ 25, e a oferta base de 79.269.269 ações, a operação pode movimentar R$ 1,9 bilhão.

A precificação está prevista para ocorrer em 27 de abril. A companhia será negociada sob o ticker “IFCM3”. As negociações na Bolsa tem previsão para acontecer no dia 29 deste mês.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: