domingo, 28 de novembro de 2021
Melhora gradual

Indicador de incerteza da economia recua 7,1 pontos em abril, diz FGV

Número ainda está 14,3 pontos acima do nível de fevereiro de 2020, último mês antes da chegada da pandemia de covid-19 ao Brasil

30 abril 2021 - 14h16Por Redação SpaceMoney
Campanha Black Friday 2021 - Warren

O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) da Fundação Getulio Vargas, recuou 7,1 pontos em abril na comparação com março. Ao registrar 129,4 pontos, o IIE-Br se distancia de seu pico histórico, de 210,5 pontos, mas ainda está 14,3 pontos acima do nível registrado em fevereiro de 2020, último mês antes da chegada da pandemia de covid-19 ao Brasil.

"Nos últimos dois meses, o indicador de incerteza aterrissou em nível ainda elevado, com alta em março e queda em abril. A queda de abril foi motivada pela melhora progressiva dos números da pandemia recentemente, levando ao gradual relaxamento das medidas de restrição à circulação em diversos estados, além do avanço, também gradual, das campanhas de imunização contra a covid-19 no Brasil", afirma Anna Carolina Gouveia, economista da FGV/IBRE. 

"A acirrada corrida entre o controle da Covid-19 e a imunização da população é refletida na manutenção do nível elevado de incerteza, muito acima do nível médio de 115 pontos vigente entre 2015 e 2019", conclui. 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content