domingo, 28 de novembro de 2021
Recordes na bolsa

Ibovespa alcança os inéditos 125 mil pontos: quais fatores levaram ao patamar histórico?

13 janeiro 2021 - 14h00Por Agência Brasil
Campanha Black Friday 2021 - Warren

O Ibovespa, principal índice acionário do Brasil, atingiu um recorde histórico na última sexta-feira (8) ao chegar a 125 mil pontos, maior patamar já registrado em um fechamento. O resultado, que veio após uma sequência de pontuações inéditas ao longo da semana, mostra o otimismo dos investidores nos últimos dias.

Quatro fatores podem ser indicados como os principais responsáveis pelos 125 mil pontos, segundo Rossano Oltramari, estrategista e sócio da 051 Capital: "Liquidez abundante no mundo, alta de commodities, investidor estrangeiro entrando forte no Brasil e em países emergentes, otimismo em relação à vacinação e fim da pandemia”

Para João Beck, economista e sócio da BRA, a bolsa e os investidores trabalham com a expectativa pelos próximos acontecimentos mundiais e locais. "Na esfera internacional, a China já vinha mostrando sinais de recuperação mesmo antes do anúncio das vacinas. Nos EUA, a onda azul deixa um cenário de política econômica mais expansionista. Por aqui, é verdade que começamos o ano mais endividados que o ano anterior. Mas com uma taxa de juros tão baixa que não se imaginava há poucos anos", analisa ele sobre o recorde do Ibovespa.

Nos Estados Unidos, os principais índices de Wall Street também atingiram níveis históricos com o apoio de quase US$ 900 milhões em estímulo aprovado pelo governo e expectativas de um pacote fiscal maior e gastos com infraestrutura sob o futuro governo de Biden.

"O primeiro semestre de 2021 deverá ser marcado por uma retomada econômica sincronizada ao redor do mundo. É um cenário bem diferente do que tínhamos no início de 2020, mesmo antes da pandemia. O cenário hoje é das duas turbinas da economia global — EUA e China — crescendo forte por conta de taxas de juros muito baixas. As taxas de inflação ainda mostram pouca pressão para subir, já que o desemprego global continua alto", comenta João.

Segundo Rossano, para que o cenário continue positivo, é importante também que o governo faça reformas: "A questão fiscal é fundamental e preocupa muito os investidores. O cumprimento do teto de gastos é uma sinalização importante por parte do governo de que ele será responsável com seus gastos e que tratará a questão fiscal como prioridade ao longo do mandato".

Com informações da Hoch Muller
 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content