Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
Sustentabilidade

Grandes empresas assinam documento com metas climáticas no Brasil para 2050

Acordo pode gerar até US$ 17 bi ao país

13 abril 2021 - 13h47Por Redação SpaceMoney

Cebds (Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável) divulgou nesta terça-feira (13) o documento "Neutralidade Climática: Uma grande oportunidade", que reúne a assinatura de quase 30 grandes empresas presentes no Brasil (veja quais ao final da matéria). O texto prevê metas de neutralidade climática para 2050.

Segundo o documento, o acordo poderá trazer até US$ 17 bilhões para o Brasil até o fim do período estabelecido. O retorno viria por meio da geração de empregos e investimentos crescentes em soluções de baixo carbono; poder de negociação mais sólido frente aos principais competidores do país; incentivo à redução dos gases de efeito estufa (GEE); e reputacionais.

"Os desafios são enormes e entendemos que metas mais ambiciosas trarão mais oportunidades para o desenvolvimento de negócios, resultando em mais oportunidades de investimentos, de recolhimento de tributos e de geração de renda ao setor privado, à sociedade brasileira e consequentemente ao País", disse no documento Marina Grossi, presidente do Cebds.

Assinam o documento as seguintes empresas: Bayer, Braskem, Bradesco, BRF, CBA, DSM, Ecolab, Eneva, EQUINOR, Icare, Ipiranga, Itaú, JBS, Lojas Renner, Lwart Soluções Ambientais, Marfrig, Michelin, Microsoft Brasil, Natura, Schneider Electric, Shell, Siemens Energy, Suzano, Ticket Log, Tozzini, Vedacit, Votorantim Cimentos e Way Carbon. 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: