domingo, 28 de novembro de 2021
Comunicado

Gol (GOLL4) compra MAP Transportes Aéreos por R$ 28 milhões

Valor pago será composto por 100.000 ações GOLL4 a R$28 por ação e R$25 milhões em dinheiro a serem pagos em 24 parcelas mensais

09 junho 2021 - 11h10Por Redação SpaceMoney
Campanha Black Friday 2021 - Warren

Na noite de terça-feira (8), a Gol (GOLL4) anunciou, em fato relevante, a aquisição da MAP Transportes Aéreos por R$ 28 milhões de reais e ações, a ser pago após o cumprimento de todas as condições precedentes, composto por 100.000 ações GOLL4 a R$28 por ação e R$25 milhões em dinheiro a serem pagos em 24 parcelas mensais.

Segundo a companhia, "essa operação reflete o compromisso contínuo da companhia em expandir a demanda brasileira por transporte aéreo, em linha com o que sua administração entende ser uma oportunidade diferenciada para consolidação racional no mercado local, à medida que a economia do país se recupera da Covid-19".

“Ao longo do último ano enfatizamos, consistentemente, que a GOL estava bem-posicionada para o crescimento no ciclo pós-pandêmico, decorrente da prudente gestão financeira e do nosso eficiente modelo operacional, que nos diferenciam no mercado”, disse Paulo Kakinoff, CEO da Gol.

“Esta aquisição é um passo importante da nossa estratégia de expansão de malha e capacidade, à medida em que buscamos revitalizar a demanda por viagens aéreas de lazer e a negócios. Assim, a Companhia está investindo ainda mais no mercado de transporte aéreo regional com destaque para a região Amazônica, apoiando o desenvolvimento econômico local e fortalecendo as nossas operações no Aeroporto de Congonhas", completa.

Fundada em 2011, a MAP tem uma frota de sete aeronaves ATR com 70 assentos que operam em rotas da região amazônica a partir do aeroporto de Manaus e nas regiões Sul e Sudeste a partir do aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP).

"No fechamento, a Companhia assumirá até R$100 milhões de compromissos financeiros da MAP. A conclusão da Transação está condicionada a determinadas condições precedentes, incluindo aprovações e confirmações pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE)", conclui o comunicado.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content