Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Prévia

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira (12)

Veja o que movimenta os mercados na quarta-feira, 12 de maio.

12 maio 2021 - 09h06Por Investing.com

Por Geoffrey Smith e Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Seguem notícias sobre mais vacinas no Brasil e o andamento de reformas e privatizações. Os dados de inflação ao consumidor dos EUA para abril testarão os nervos do mercado, com a liquidação de ações se estendendo por mais um dia. O Softbank (OTC:SFTBY) registra o maior lucro dentre as empresas japonesas. A escassez de gasolina nos EUA está se tornando mais generalizada à medida que os problemas com o oleoduto da Colonial continuam.

1. Brasil de olho em vacinas e reformas
O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira ter assinado um segundo contrato com o laboratório norte-americano Pfizer (NYSE:PFE) (SA:PFIZ34) para receber até o final do ano 100 milhões de doses do imunizante contra Covid-19 desenvolvido pela empresa com a parceira BioNTech (NASDAQ:BNTX) (SA:B1NT34), totalizando 200 milhões de doses da vacina.

No front político, com a intenção de votar o parecer na próxima semana, o relator da Reforma Administrativa na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deputado Darci de Matos (PSD-SC), protocolou o texto pela admissibilidade da proposta nesta terça. Isso significa que o parlamentar considerou que o texto do Executivo não fere a Constituição e pode seguir sendo apreciado pelo Congresso. Ele, no entanto, rejeitou dois pontos do texto enviado pelo governo no ano passado.

Também ontem, o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), relator da medida provisória (MP) de privatização da Eletrobras (SA:ELET3) na Câmara, apresentou um relatório preliminar com propostas para o processo de desestatização.

A primeira versão do relatório foi exposta a líderes partidários em uma reunião que contou também com a presença do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de acordo com informações da assessoria de imprensa da liderança do DEM passadas à Reuters.

A expectativa é que o texto possa começar a ser analisado na próxima semana, ainda segundo a assessoria.

O EWZ, principal ETF brasileiro negociado no exterior, recuava 0,34% na pré-abertura em Nova York, seguindo a baixa dos futuros de índice de Wall Street.

2. Inflação americana testa mercado
O grande temor com a inflação nos EUA terá um teste às 9h30, horário de Brasília, com a publicação do índice de preços ao consumidor dos EUA para abril.

Não importa que a taxa anual esteja totalmente distorcida pelo colapso dos preços do petróleo há um ano, não importa que o Federal Reserve se baseie em uma medida diferente de inflação que reflete com mais precisão os padrões de gastos, e que a governadora do Fed, Lael Brainard repetiu na terça-feira que o Fed permanece 'longe de nossas metas'. O mercado espera que a taxa anual cheia suba para 3,6%, que seria a maior desde 2008, com alta de 0,3% nos preços no mês.

Isso define o cenário para um leilão de títulos do Tesouro americano de dez anos no final do dia.

3. Ações devem abrir em queda; Softbank registra lucro inesperado

As ações americanas devem abrir em baixa novamente, em sintonia com o risco de uma surpresa desagradável para a inflação, que poderia perfurar a complacência oficial com as pressões de preços que estão aparecendo de forma cada vez mais ampla na economia.

Às 8h41, os futuros do Dow Jones, do S&P 500 e do Nasdaq 100 caíam 0,3%, 0,38% e 0,66%, respectivamente.

Enquanto isso, o Softbank apresentou o maior lucro anual de todos os tempos para uma empresa japonesa graças aos ganhos em participação na Coupang e ganhos em sua participação na Uber (SA:U1BE34) (NYSE:UBER).

4. Quebra do mercado de ações de Taiwan aniquila investidores de varejo
Os riscos de correção violenta de níveis excessivamente estendidos foram nitidamente ilustrados por um flash crash em Taiwan que parece ter sido desencadeado por chamadas de margem sobre investidores de varejo que se acumularam no mercado nos últimos meses.

O índice de ações Taiwan Weighted caiu 4,1% e o índice Taiex caiu até 9,8% durante o dia, com investidores forçados a investir em um mercado que lucrou enormemente com a forma como o país lidou com a pandemia de Covid-19 e com a rivalidade EUA-China.

5. Petróleo sobe à medida que os problemas com a Colonial continuam
Os preços médios da gasolina nos EUA chegaram a US$ 3 o galão, enquanto, de acordo com dados do GasBuddy, cerca de 20% dos postos de gasolina na área de Atlanta estão sem gás, com o Tennessee também provavelmente sofrendo com o abastecimento. A Colonial ainda espera que a maior parte de seu sistema fique offline até o fim de semana.

Os preços do petróleo bruto saltaram durante a noite, ainda apoiados pela queda nos estoques dos EUA relatados pelo American Petroleum Institute na terça. Os dados oficiais do governo serão divulgados às 11h30. O futuro do petróleo WTI subia 1,36% para US$ 66,14 o barril, enquanto o Brent avançava 1,23% para US$ 69,39.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: