domingo, 14 de agosto de 2022
[E-BOOK - COMO INVESTIR 50K - SPACENOW DESKTOP - 200X74]
Acordo

Executivo da Marfrig (MRFG3) paga R$ 20 milhões à CVM para encerrar caso de informação privilegiada

Quantia proposta, correspondente a três vezes o valor do benefício em tese auferido, está em linha com o valor máximo usualmente pago em casos desta natureza

24 novembro 2021 - 14h52Por Redação SpaceMoney
[HURST - MODELO 2 - BILBOARD TOPO 2 -970 X 250 CANAIS]
MarfrigMarfrig - Crédito: Divulgação

Nesta quarta-feira (24), a Comissão de Valores Mobiliários comunicou que aceitou o termo de compromisso proposta pelo presidente do conselho de administração da Marfrig (MRFG3), Marcos Molina, para encerrar o processo em que o executivo era acusado por suposto uso de informação privilegiada.

A proposta, aprovada ontem pelo colegiado da autarquia, aceita o montante de cerca de R$ 20,2 milhões sugerido por Molina.

O presidente da CVM, Marcelo Barbosa, entendeu que o pagamento seria conveniente e oportuna a aceitação do valor, já que a quantia proposta, correspondente a três vezes o valor do benefício em tese auferido, está em linha com o valor máximo usualmente pago em casos desta natureza.

[HURST -  MODELO 1 - SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Segundo Barbosa, o valor proposto tem potencial para desestimular práticas semelhantes, em atendimento à finalidade preventiva do termo de compromisso.

O processo, instaurado pela Superintendência de Processos Sancionadores (SPS), foi motivado porque a autarquia supunha que o fundador da Marfrig utilizava informações para comprar ações do frigorífico antes de a empresa anunciar a aquisição do controle da norte-americana National Beef, em 2018. 

De acordo com a acusação, as operações eram feitas por Molina em nome próprio e em nome de sua esposa - informações que foram negadas por ambos.

[HURST -  MODELO 2 - SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Tags: CVM, Marfrig

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: