terça, 17 de maio de 2022
Em queda

Eve (NYSE:EVEX), subsidiária de carros voadores da Embraer (EMBR3), despenca mais de 19% em estreia

A listagem na bolsa americana segue os trãmites da conclusão da combinação de negócios com a Zanite

10 maio 2022 - 12h20Por Redação SpaceMoney

Às 12:13 desta terça-feira (10), as ações de Eve (NYSE:EVEX), subsidiária da Embraer (EMBR3) que desenvolve um veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVTOL), despencavam 19,38%, cotadas a US$ 9,13.

A listagem na bolsa americana segue os trãmites da conclusão da combinação de negócios com a Zanite, uma SPAC (sigla em inglês para companhia de propósito específico de aquisição) que trabalha no setor de aviação.

A medida foi aprovada na última sexta-feira (6).

Na última semana, a Eve revelou que, desde dezembro, sua carteira de pedidos subiu de 1.735 veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOLs) para 1.825 unidades, feitos por meio de cartas de intenção não vinculantes de dezenove clientes.

Entre os clientes há operadoras de asa fixa, de helicópteros, plataformas de compartilhamento e empresas de leasing.

Na fusão, a Eve foi avaliada em US$ 2,4 bilhões.

Com informações de Reuters e Valor.

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content