Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
FIIs

Especialista conta como os fundos imobiliários podem proteger o dinheiro da inflação

23 fevereiro 2021 - 13h20Por Redação SpaceMoney

A inflação fechou 2020 em 4,52%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), essa é a maior alta desde 2016, quando a inflação havia registrado 6,29%. Para 2021, a expectativa do mercado para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) passou de 3,62% para 3,82%.

A dúvida que fica é: como proteger os seus investimentos dessa alta da inflação? Para Henrique Leão, supervisor de Gestão da TG Core Asset, gestora de recursos independente, os FIIs (Fundos de Investimentos Imobiliários) são uma boa opção para quem pretende proteger o seu dinheiro. Isso porque esses ativos estão vinculados à economia real.

"Os FIIs, sejam eles de renda, venda ou papel, possuem imóveis como lastro final do seu patrimônio, imóveis esses que possuem contratos com reajuste inflacionário. Dessa forma, toda a receita do fundo e, consequentemente, os dividendos recebidos pelos cotistas, é diretamente impactada pela variação inflacionária", explica Leão.

O especialista cita que em 2020, por exemplo, foi possível observar que os FIIs atuaram como uma espécie de blindagem patrimonial frente à inflação. “Diversos fundos imobiliários tiveram renda acima da média pelo impacto do IGP-M, indicador de inflação que encerrou o ano na faixa de 23% e afetou contratos de aluguel e venda de imóveis. Com isso, uma considerável quantidade de fundos foi capaz de gerar dividend yield [índice que mede a rentabilidade dos dividendos] muito acima do IPCA"

*Com informações de Digital Trix

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: