segunda, 16 de maio de 2022
Radar corporativo

Embraer (EMBR3) sobe forte; Iguatemi (IGTA3) e Minerva (BEEF3) caem após balanços

Estas são as principais notícias corporativas do dia

10 agosto 2021 - 11h35Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - PetroRio (SA:PRIO3), Embraer e Cogna (SA:COGN3) lideram as altas do Ibovespa na manhã desta terça-feira (10).

Na ponta oposta, Iguatemi, Ambev e Minerva têm as maiores quedas.

Estas são as principais notícias corporativas do dia:

Grupo Mateus (SA:GMAT3) - Empresa estuda a realização de viagens com gestores para manter a comunicação em dia, segundo Marcelo Korber, gerente de relações com investidores. A ação subia 0,14%, a R$ 7,31.

Tim (SA:TIMS3) - O Ministério da Justiça e Segurança Pública instaurou processo administrativo com a Tim por indícios de infração ao Código de Defesa do Consumidor. O despacho não traz explicitamente quais violações estariam sendo atribuídas à operadora. O papel tinha queda de 0,79%, a R$ 11,37.

A empresa avalia como inapropriado o uso do termo "5G" na publicidade das operadores de telefonia por entender que "a tecnologia de quinta geração só estará disponível após leilão de frequências a ela destinada".

Vivo (SA:VIVT3), Oi (SA:OIBR3) e Claro - O Ministério Público Federal junto ao Cade teceu um parecer no qual recomenda a condenação das operadoras Vivo, Oi e Claro por prática anticompetitiva.

O processo investiga se as empresas atuaram de maneira orquestrada para minar concorrentes em uma licitação dos correios realizada em 2015. A ação da Vivo caía 0,33%, a R$ 41,99, enquanto a da Oi subia 0,86%, a R$ 1,17.

Direcional (SA:DIRR3) - A Direcional apresentou lucro líquido de R$ 40,688 milhões no segundo trimestre de 2021, crescimento de 20% em relação ao mesmo período de 2020. A R$ 13,78, o papel subia 0,44%.

Petrobras (SA:PETR4) - A Petrobras comunicou o início da fase vinculante referente à venda, em conjunto com a Sonangol, da totalidade da participação de ambas as empresas no globo exploratorio terrestre POT-T-794, na Bacia Potiguar (RN). Em alta de 0,85%, a ação era negociada a R$ 28,43.

B3 (SA:B3SA3) - A B3 registrou volume financeiro médio diário de R$ 29,011 bilhões em julho, queda de 1,2% em relação ao apurado no mesmo mês do ano passado. O papel caía 0,32%, a R$ 15,72.

Iguatemi (SA:IGTA3) - A rede apresentou lucro líquido de R$ 279 milhões no segundo trimestre de 2021, montante seis vezes maior do que no mesmo período de 2020. A ação tinha baixa de 1,3%, a R$ 39,33.

Itaúsa (SA:ITSA4) - A Itaúsa apresentou lucro líquido de R$ 3,514 bilhões no segundo trimestre, alta de 487,1% em relação ao mesmo período de 2020. A R$ 11,49, o papel caía 0,61%.

A companhia comunica que seu conselho de administração aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio no valor de R$ 0,03734 por ação.

Embraer (SA:EMBR3) - A Embraer informou ter concluído um acordo de venda de 16 novas aeronaves E175 para a SkyWest (NASDAQ:SKYW) para operar na rede da Delta Air Lines (NYSE:DAL) (SA:DEAI34). Em alta de 1,84%, a ação era negociada a R$ 19,33.

BR Partners (SA:BRBI11) - O banco de investimento divulgou lucro líquido de R$ 35 milhões no segundo trimestre, expansão de 47% ante o mesmo período do ano passado. O papel caía 1,69%, a R$ 27,86.

Even (SA:EVEN3) - A construtora registrou lucro líquido de R$ 54,228 milhões no segundo trimestre, avanço anual de 102,2%. A ação tinha queda de 0,34%, a R$ 8,75.

Ambev (SA:ABEV3) - A Ambev anunciou a criação de uma nova unidade de negócios chamada Future Beverages, que vai se dedicar ao desenvolvimento de bebidas alcoólicas diferentes de cerveja. A R$ 16,94, o papel perdia 1,28%.

BTG Pactual (SA:BPAC11) - O BTG encerrou o segundo trimestre de 2021 com lucro líquido ajustado de R$ 1,719 bilhão, crescimento de 74% em relação ao resultado do mesmo período do ano passado. Em alta de 1,47%, a ação era negociada a R$ 31,76.

Petz (SA:PETZ3) - A Petz registrou lucro líquido de R$ 21,6 milhões no segundo trimestre de 2021, alta de 109% ante o mesmo período de 2020. O papel subia 1,23%, a R$ 27,13.

Nubank - O Nubank contratou Morgan Stanley (NYSE:MS) (SA:MSBR34), Goldman Sachs (NYSE:GS) (SA:GSGI34) e Citigroup (NYSE:C) (SA:CTGP34) para ajudarem a liderar seu IPO nos EUA, disse uma fonte familiarizada com o assunto.

São Martinho (SA:SMTO3) - A companhia de açúcar e etanol reportou lucro líquido de R$ 190,1 milhões no primeiro trimestre fiscal de 2021/22, alta de 64,3% na comparação anual. A ação tinha alta de 2,93%, a R$ 31,93.

Minerva (SA:BEEF3) - A Minerva registrou lucro líquido de R$ 116,7 milhões no segundo trimestre, queda de 54% ante o mesmo período do ano passado. A R$ 8,69, o papel caía 1,81%.

Compass (SA:PASS3) - A empresa de gás e energia do grupo Cosan (SA:CSAN3) informou que a B3 deferiu o pedido de listagem e admissão à negociação das ações ordinárias de emissão da companhia em seu segmento básico de listagem. A ação da Cosan tinha recuo de 0,86%, a R$ 24,08.

Raízen (SA:RAIZ4) - A Raízen informou que assinou contrato para a compra de 50% da Barcos y Rodados, líder em distribuição de combustíveis do Paraguai, por US$ 130 milhões. Em alta de 0,57%, o papel era negociado a R$ 7,11.

AgriBrasil - A Humberg AgriBrasil Comércio e Exportação de Grãos informou que apresentou à CVM e à B3 pedidos de interrupção do prazo de análise para registro do IPO, mas disse que oferta segue nos planos.

- Com Reuters e Estadão Conteúdo. 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content