terça, 09 de agosto de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Câmbio

Dólar volta a cair e fecha com segundo menor valor em dois anos

Analistas avaliam cenário e apontam tendências

20 abril 2022 - 18h06Por Redação Spacemoney

O dólar fechou em queda de 1,02%, cotado a R$ 4,62, nesta quarta-feira (20), véspera de feriado. Esse foi o segundo menor valor da moeda em dois anos, que acumula baixa de 2,94% na parcial do mês. 

Para Marcelo Oliveira, CFA e fundador da Quantzed, empresa de tecnologia e educação financeira para investidores, enquanto não tivermos mais previsibilidade dos EUA, o cenário se manterá mais ou menos como hoje. 

"Acredito que não existe muito espaço para queda forte. Ainda vejo uma tendência de queda, porém gradativa. O mercado está bem mais lateral, sem apetite, não vemos fluxo novo porque inflação e cenário econômico estão tornando o cenário muito nebuloso. O mercado está em modo de espera", avalia.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Segundo ele, o real apreciou demais. A moeda americana é um índice mais seguro, porém o Brasil ainda tem vantagem por conta da Selic nesse patamar de juros altos e atrativos, explica.

Segundo Rob Correa, analista de investimentos CNPI e autor do livro "Guia do Investidor de Sucesso no Longo Prazo", além da entrada de dinheiro estrangeiro no Brasil, a taxa de juros no país, em 11,75%, tem atraído investimentos. 

"Quando a taxa estava em 2%, não fazia sentido nenhum o gringo investir na renda fixa do Brasil. Quando o estrangeiro estuda as maiores taxas de juros do mundo, percebe que o Brasil é um dos que mais pagam e o país está em uma situação muito melhor que outros como a Rússia, que está em guerra", diz.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

A alta dos commodities também tem contribuído para a valorização do real. Com a guerra entre Ucrânia e Rússia, isso se acelerou favorecendo os países produtores de commodities. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: