Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Segundo especialista

Dia da Mulher: desigualdade salarial causa baixa presença feminina nos investimentos

08 março 2021 - 16h21Por Redação SpaceMoney

Segundo dados da B3, em 2020, apenas cerca de 26% das pessoas físicas cadastradas na bolsa são investidoras mulheres. Isso significa que, enquanto os homens somam 2,38 milhões na bolsa, mulheres representam 847 mil.

A diferença de renda entre homens e mulheres, causada pela desigualdade salarial, explica a grande diferença na presença dos sexos no mercado de investimentos, explica Laura Bartelle, especialista em investimentos e sócia da 051 Capital. "Sobra menos para as mulheres investirem se comparado aos homens. Primeiro porque temos essa diferença de ganhos entre ambos. E segundo porque elas costumam gastar mais".

Outro ponto destacado por Laura são os resquícios de uma sociedade que culturalmente e historicamente tem decisões financeiras tomadas por homens. Apesar disso, a especialista vê uma mudança nesse cenário.

"Eu trabalho no mercado desde 2005 e antes eu escutava diariamente 'nossa, o mercado não tem nada a ver com você'. Hoje em dia, isso não acontece e, para a minha boa surpresa, as mulheres estão muito mais interessadas do que 15 anos atrás".

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: