quarta, 22 de maio de 2024
SpaceMercado

Destaques: BTG Pactual (BPAC11), EDP Brasil (ENBR3), Eletrobras (ELET3)(ELET6), Vibra (VBBR3) e mais

Veja aqui as principais notícias das grandes empresas brasileiras, entre avisos aos acionistas, comunicados ao mercado, fatos relevantes e mais informações da imprensa especializada

23 agosto 2023 - 16h41Por Redação SpaceMoney
Divulgação: Vibra EnergiaDivulgação: Vibra Energia - Crédito: Divulgação: Vibra Energia

BTG Pactual (BPAC11), EDP Brasil (ENBR3), Eletrobras (ELET3)(ELET6) e Vibra (VBBR3) protagonizam o noticiário corporativo desta quarta-feira (23).

 

SpaceMercado

Veja aqui as principais notícias das grandes empresas brasileiras, entre avisos aos acionistas, comunicados ao mercado, fatos relevantes e mais informações da imprensa especializada:

 

Informe corporativo

Americanas (AMER3)

Em depoimento à CPI, o ex-presidente da Americnas (AMER3), Sergio Rial, afirmou que não viu nenhum indício de que o trio de acionistas de referência Jorge Paulo Lemann, Alberto Sicupira e Marcel Telles tenham participado da possível fraude que levou a um rombo de mais de R$ 20 bilhões.

Questionado por um deputado do PSOL sobre documentos sigilosos entregues à comissão, que indicavam que o Santander (SANB11) teria feito o pagamento de R$ 50 milhões à varejista por operações de crédito de risco sacado, o executivo declarou não ter conhecimento.

(Bom Dia Mercado)

 

Ânima (ANIM3)

A Ânima (ANIM3) pode ser contemplada com nove novos cursos de Medicina, dos doze pedidos atuais que tem na Justiça, caso as liminares que estão em fase avançada sejam aprovadas, afirmou Daniel Castanho, presidente do conselho de administração.

(Bom Dia Mercado)

 

BTG Pactual (BPAC11) adquire wealth-tech Magnetis

O BTG Pactual (BPAC11) adquiriu a totalidade do capital social de Magnetis Gestora e DTVM, no que alega ser uma estratégia de expansão das plataformas digitais do banco, com aumento da base de clientes e avanço na oferta de produtos e serviços para pessoas físicas.

"A compra da Magnetis vai nos trazer ainda mais ganhos de escala, teremos mais diluição de custos com ganhos de eficiência, sinergia e produtividade, [...] acesso a um conjunto de soluções de tecnologia e sistemas desenvolvidos há mais de 10 anos, razão pela qual a empresa tem sido reconhecida pela mídia local como uma das principais wealth-techs do Brasil", afirmou Marcelo Flora, sócio responsável pelas Plataformas Digitais do BTG Pactual.

"Estamos muito felizes com o acordo assinado, certos de que com a estrutura do BTG Pactual poderemos dar continuidade ao serviço de excelência que já oferecemos aos nossos clientes. Com a aquisição, poderemos oferecer um pacote de soluções ainda mais completo", acrescenta Luciano Tavares, fundador e CEO da Magnetis.

A conclusão e fechamento do acordo de compra da Magnetis DTVM estão sujeitos às aprovações regulatórias necessárias, inclusive do Banco Central (BC).

 

EDP Brasil (ENBR3): CVM converte registro de categoria A para B

Na última segunda-feira, 21 de agosto, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) deferiu a conversão do registro de categoria da EDP Energias do Brasil (ENBR3) a companhia aberta na categoria "B", de "A" anteriormente.

Dessa forma, as ações de emissão da EDP Brasil deixaram de ser negociadas na B3.

Em continuidade à proposta da administração divulgada em 9 de agosto, caso o resgate compulsório seja aprovado em assembleia-geral extraordinária (AGE) a ser realizada na próxima terça-feira, 30 de agosto, serão resgatadas até a totalidade das ações ordinárias (ON) de emissão da companhia remanescentes em circulação detidas por acionistas que se encontrarem inscritos nos registros da companhia no final do dia 29 de agosto.

 

i. Eletrobras (ELET3)(ELET6) contratou Morgan Stanley para vender térmicas, diz site

A Eletrobras (ELET3)(ELET6) mandatou o banco norte-americano Morgan Stanley para encontrar compradores para suas térmicas, apurou o site Pipeline, do jornal Valor.

De acordo com a reportagem de Maria Luíza Filgueiras, Mauá 3, Aparecida, Santa Cruz, Complexo Interior (conjunto que inclui Anamã, Caapiranga, Codajás e Anori), além dos direitos de reversão, em 2025, do Complexo PIEs (Cristiano Rocha, Tambaqui, Manauara, Ponta Negra e Jaraqui) e o projeto de Rio Negro compõem o portfólio com potencial alvo para desinvestimentos.

A companhia não comentou a contratação do banco, em nota encaminhada ao veículo, mas declarou que iniciou a venda do portfólio de todas as suas térmicas a gás, em linha com o seu plano estratégico.

 

ii. Eletrobras (ELET3)(ELET6) inicia estudos para avaliar integração com Furnas

A Eletrobras (ELET3)(ELET6) iniciou os estudos preliminares para avaliar a possibilidade de integração das operações entre a companhia e sua subsidiária integral Furnas. 

A medida faz parte da iniciativa de simplificação da estrutura societária e de governança prevista no planejamento estratégico. 

 

iii. Eletrobras (ELET3)(ELET6)

A Eletrobras (ELET3)(ELET6) publicou, na terça-feira, 22 de agosto, a ata da reunião de seu conselho de administração, que elegeu por unanimidade, Ivan de Souza Monteiro como novo presidente da companhia, no lugar de Wilson Ferreira Jr., que renunciou ao cargo.

Monteiro presidia o colegiado, cuja cadeira passa a ser ocupada por Vicente Falconi Campos.

(Bom Dia Mercado)

 

Embraer (EMBR3)

O jato E195-E2 da Embraer (EMBR3), o maior da família E-Jet, recebeu a Certificação de Tipo da Administração de Aviação Civil da China (CAAC).

 

Energisa (ENGI11)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, na terça-feira, 22 de agosto, uma redução média de 1,46% nas tarifas da Energisa Paraíba (EPB) e aumento médio de 12,830% nas tarifas da Energisa Borborema (EBO).

Os reajustes entram em vigor na próxima segunda-feira, 28 de agosto.

A empresa relembra, em fato relevante, que possui uma assembleia-geral extraordinária (AGE) marcada para 30 de agosto, na qual vai ser definida a proposta de resgate compulsório de 22,8 milhões de ações que ainda estão em circulação no mercado.

(Bom Dia Mercado)

 

Gerdau (GGBR4), Vamos (VAMO3) e VW Caminhões

A Volkswagen Caminhões e Ônibus vendeu 140 caminhões para a Vamos (VAMO3) em um acordo que inclui a Gerdau (GGBR4). A operação faz parte do programa de renovação de frota anunciado pelo governo federal.

(Investing.com Brasil) (Valor)

 

Grupo Pão de Açúcar - GPA (PCAR3)

Os papéis de Grupo Pão de Açúcar - GPA (PCAR3) e de Éxito passaram a ser negociados separadamente na B3 nesta quarta-feira, 23 de agosto.

Acionistas com ações PCAR3 na carteira ao fim da sessão de terça-feira passada, 22 de agosto, receberão um BDR de Éxito (EXCO32) por ação da varejista brasileira.

 

Iguatemi (IGTI11): Fitch atribui rating AAA(bra) pela primeira vez

A agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu, pela primeira vez, o rating nacional de longo prazo AAA(bra) à Iguatemi (IGTI11).

O rating reflete sua posição destacada consolidada de negócios como uma das principais operadoras de shopping centers no Brasil, com carteira relevante de propriedades de elevada qualidade e altos índices de ocupação.

A classificação incorpora a natureza defensiva de suas operações e sua boa capacidade de geração de caixa, suportada por uma demanda resiliente e pulverizada e margens elevadas, mesmo em ambientes de negócios adversos.

De acordo com a agência, a Iguatemi apresenta uma estrutura de capital conservadora, disciplina de liquidez, sólidas métricas de crédito e importante flexibilidade financeira, proveniente de sua base robusta de ativos desonerados.

A perspectiva estável considera a expectativa de manutenção dos perfis sólidos de negócios e financeiros consolidados ao longo dos próximos anos.

Uma estrutura de capital conservadora proporciona uma companhia razoável e flexível para realizar eventuais movimentos de fortalecimento de sua base de ativos, sem maior pressão nos ratings.

 

Lojas Quero-Quero (LJQQ3): Genesis Investment Management reduz participação

A Genesis Investment Management informou a redução de sua participação na Lojas Quero-Quero (LJQQ3) a 4,84% do total de ações ordinárias (ON) de emissão da companhia, o equivalente a 9.063.069 ações ordinárias (ON). 

 

Marisa (AMAR3) faz capitalização complementar de R$ 30 milhões na MPagamentos

A Marisa Lojas (AMAR3) comunicou a seus acionistas, investidores e ao mercado em geral que vai concluir, nesta quarta-feira, 23 de agosto, via Mbank, a capitalização da MPagamentos S.A. Crédito, Financiamento e Investimento, no valor de R$ 30.000.000,00 (trinta milhões de reais), integralmente com recursos em caixa da companhia.

Esta capitalização complementa os R$ 90.000.000,00 aportados em abril pela companhia com recursos captados juntos aos seus acionistas controladores.

Esta operação vai cumprir, dentro do prazo, os termos do Plano de Capitalização e Reestruturação dos serviços financeiros da companhia aprovado pelo Banco Central (BC) em 25 de abril.

 

Minerva (BEEF3): T. Rowe Price eleva participação acionária

T. Rowe Price Associates, Inc. em nome de suas afiliadas consultoras, informou que, na segunda-feira, 21 de agosto, adquiriu, em nome de alguns de seus clientes, na qualidade de gerentes de investimentos, unidades de Minerva (BEEF3) que, após a respectiva operação, passou a deter 31.375.584 ações ordinárias (ON), representativas de 5,170% das ações de emissão da companhia na referida data.

 

Petrobras (PETR3)(PETR4) reitera não haver qualquer decisão sobre a Braskem (BRKM5)

Na última terça-feira, 22 de agosto, a Petrobras (PETR3)(PETR4) reafirmou que, no momento, realiza due diligence na Braskem (BRKM5), para eventual exercício de tag along ou direito de preferência, na hipótese de alienação das ações detidas pela Novonor na companhia.

A estatal reitera que não houve qualquer decisão da diretoria executiva ou do conselho de administração em relação ao tema.

A petroleira reforça que decisões sobre investimentos e desinvestimentos são pautadas em análises criteriosas e estudos técnicos, em observância às práticas de governança e aos procedimentos internos aplicáveis.

 

Rede D'Or (RDOR3)

O CEO e conselheiro da Rede D’Or (RODR3), Paulo Moll, afirmou que o foco da empresa continua sendo reconstruir e ampliar a infraestrutura hospitalar no Brasil. Ele disse ainda que há oportunidades no setor.

“Vamos executar o plano de investimento em qualquer cenário, e, se o juro cair, melhor”, apontou, durante a 24ª Conferência Anual Santander.

(Valor Econômico)

 

Taesa (TAEE11) informa sobre obtenção de licença prévia do projeto de Ananaí

A Taesa (TAEE11) comunicou a seus acionistas, ao mercado em geral e a demais interessados que o Instituto Água e Terra da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável do Governo do Estado do Paraná concedeu a licença prévia para o trecho da LT 525kV Bateias Curitiba Leste (C1/C2), com extensão aproximada de 75 quilômetros, que incluem as obras de ampliação das Subestações SE Bateias e SE Curitiba Leste a serem interligadas, referentes às instalações da concessão Ananaí Transmissora de Energia Elétrica S.A..

O empreendimento refere-se ao lote 1 do leilão de transmissão Nº 2/2021, realizado em dezembro de 2021, 100% controlada pela Taesa.

Ananaí apresenta uma RAP total de R$ 166,2 milhões para o ciclo 2023-2024 e um capex ANEEL de R$ 1,750 bilhão.

O empreendimento localiza-se nos estados de São Paulo (SP) e Paraná (PR), com extensão aproximadamente de 363,0 quilômetros de linhas de transmissão. O prazo estipulado pela ANEEL para energização de Ananaí foi março de 2027.

 

Vibra (VBBR3)

A Vibra (VBBR3) informou que recebeu um valor de R$ 41.183.574,77 da Es Gás, a título de dividendos do período até 30 de junho, em decorrência do disposto em edital e no contrato de compra e venda celebrado em 3 de julho.

 

Zamp (ZAMP3)

MC Brazil elevou sua participação acionária a 47.830.800 ações ordinárias (ON), a 17,40% do capital social total, ao passo que Vinci Capital reduziu sua fatia a 3,630%, o correspondente a 9.886.836 ações ordinárias (ON).

 

SpaceProventos

Dividendos: Aliança da Bahia (PEAB3)(PEAB4) vai pagar R$ 4 milhões a quem mantiver ações até hoje

A Aliança da Bahia (PEAB3)(PEAB4) vai realizar o pagamento de dividendos intercalares, no montante de R$ 4.000.000,00, correspondentes a R$ 0,2964545833 por ação ordinária (ON) e a R$ 0,3261000416 por ação preferencial (PN) de emissão da companhia declarados com base nos lucros acumulados apurados nas demonstrações financeiras referentes ao segundo trimestre do exercício social a encerrar-se em 31 de dezembro.

Os referidos valores serão pagos à vista em 13 de setembro.

Os dividendos declarados constituirão antecipação do dividendo mínimo obrigatório referente ao exercício social do ano, ad referendum da assembleia-geral ordinária (AGO) que deliberar sobre as demonstrações financeiras referentes ao exercício social a encerrar-se neste ano.

Farão jus aos dividendos os titulares de ações de emissão da companhia nesta quarta-feira, 23 de agosto. As ações de emissão da companhia passarão a ser negociadas ex-dividendos na B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão a partir de quinta-feira, 24 de agosto, inclusive.

 

Dividendos: Irani (RANI3) paga R$ 55 milhões hoje

A Irani (RANI3) vai pagar R$ 54.935.057,00 em dividendos intercalares nesta quarta-feira, 23 de agosto, informou a companhia no dia 7 de agosto. Os proventos foram aprovados no dia 2 de agosto, em reunião do conselho de administração.

O montante equivale a R$ 0,2290583978 por ação.

Farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão de 7 de agosto.

As ações passaram a ser negociadas ex-direitos desde o dia 8 de agosto.

 

Dividendos: Minerva (BEEF3) paga R$ 114 milhões hoje

Nesta quarta-feira, 23 de agosto, a Minerva (BEEF3) vai pagar R$ 114 milhões em dividendos intercalares. O valor equivale a R$ 0,194 por ação ordinária (ON).

Contudo, farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão de 14 de agosto.

 

Dividendos: Mitre (MTRE3) paga R$ 53,2 milhões hoje

A Mitre (MTRE3) vai distribuir R$ 53.263.146,99 em dividendos intercalares nesta quarta-feira, 23 de agosto. O montante equivale a R$ 0,503552234738 por ação. 

Farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão desta sexta-feira, 11 de agosto.

 

SpaceRecomendações

CSN (CSNA3): Itaú BBA reduz estimativas e mantém recomendação de venda na ação

Petrobras (PETR3)(PETR4): BTG Pactual passa a recomendar compra nos ADRs; o que mudou?

Rumo (RAIL3) já sobe 30% no ano e ainda tem espaço para crescer, segundo Itaú BBA

Vivara (VIVA3): XP eleva preço-alvo e destaca ação como preferência do setor