Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Radar corporativo

CVC Brasil lidera altas antes do balanço; ações do IRB e de siderúrgicas recuam

Essas são as notícias corporativas do dia

14 maio 2021 - 11h10Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações da CVC Brasil (SA:CVCB3) lideravam as altas da B3 (SA:B3SA3) desta sexta-feira (14) antecipando a divulgação dos resultados do primeiro trimestre, que devem ser publicadas após o fechamento do mercado. A Gol (SA:GOLL4) vinha em seguida, após informar alta de 75% nas vendas entre março e abril.

Na ponta oposta, IRB Brasil (SA:IRBR3) liderava as quedas, após apresentar o balanço do primeiro trimestre, seguida pelas siderúrgicas e mineradoras, com queda de 12% do minério de ferro na China. Essas são as principais notícias corporativas do dia:

Petrobras (SA:PETR4) - Num cenário de explosão de preços de commodities e de recuperação das vendas de combustíveis no Brasil, a Petrobras fechou o primeiro trimestre deste ano com lucro líquido de R$ 1,16 bilhão, revertendo o prejuízo de R$ 48,5 bilhões no primeiro trimestre de 2020. Os papéis preferenciais subiam 3,44%, para R$ 25,85.

Magazine Luiza (SA:MGLU3) - O Magazine Luiza anunciou nesta quinta-feira que teve lucro líquido recorrente de R$ 81,5 milhões no primeiro trimestre, ante prejuízo de R$ 8 milhões do ano anterior, com as vendas online mais do que dobrando. Sem ajustes, o lucro foi de R$ 258,6 milhões. A ação subia 1,25%, a R$ 19,37.

CPFL - A CPFL Energia (SA:CPFE3) registrou lucro líquido de R$ 961 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 6,3% em relação a igual período do ano passado, impulsionada por um aumento do Ebitda nos segmentos de distribuição e geração, informou a companhia nesta quinta-feira. As ações subiam 2,15%, a R$ 28,46.

CCR (SA:CCRO3) - A CCR reportou no primeiro trimestre um lucro líquido de R$ 688,9 milhões no critério IFRS, alta de 137,8% sobre igual intervalo de 2020, informou a companhia em balanço enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira. Os papéis subiam 0,98%, a R$ 13,42.

Sabesp (SA:SBSP3) - A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) registrou lucro líquido de R$ 496,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 657,9 milhões observado um ano antes. As ações subiam 1,04%, a R$ 41,65.

Lojas Renner (SA:LREN3) - A Lojas Renner registrou prejuízo líquido de R$ 147,703 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro de R$ 7,137 milhões observado no mesmo período de 2020. O papel avançava 1,36%, a R$ 44,72.

Ecorodovias (SA:ECOR3) - A Ecorodovias sofreu queda de 11,9% no lucro líquido do primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado, para R$ 88 milhões, informou a empresa de concessões de infraestrutura nesta quinta-feira. As ações subiam 1,16%, a R$ 12,23.

Rumo (SA:RAIL3) - A Rumo anunciou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de R$ 175 milhões de janeiro a março, ante prejuízo de R$ 274 milhões um ano antes. Os papéis subiam 2,54%, a R$ 21,38.

Cyrela (SA:CYRE3) - A Cyrela Brazil Realty apresentou um salto de 588% no lucro líquido, atingindo R$ 192 milhões no primeiro trimestre de 2021 em comparação com os R$ 28 milhões no mesmo período de 2020. A ação subia 2,19%, a R$ 23,83.

EZTec - A Eztec (SA:EZTC3) apresentou lucro líquido de R$ 72,9 milhões, queda de 6% contra um ano antes, citando atrasos devido à escalada de preços de insumos da construção e aos efeitos de medidas de isolamento social para conter a pandemia. A ação subia 1,68%, a R$ 31,44.

Copel (SA:CPLE6) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) esperará o "melhor momento" para fazer a oferta de ações da Copel, afirmou nesta quinta-feira o diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto da instituição de fomento, Bruno Laskowsky. Os papéis avançavam 1,38%, a R$ 5,88.

brMalls (SA:BRML3) - A brMalls divulgou nesta quinta-feira queda de 41,5% no lucro líquido ajustado do primeiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado, para R$ 76 milhões. A ação subia 3%, a R$ 10,64.

IRB Brasil - O IRB Brasil RE registrou lucro líquido de R$ 50,8 milhões no primeiro trimestre, alta de 44,9% em relação ao mesmo período do ano anterior, beneficiado por ganho de capital oriundo da venda de participação em shopping centers. Os papéis caíam 2,16%, a R$ 6,35.

- Com Reuters, Agência Brasil e Estadão Conteúdo.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: