Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Artigo

Como uma boa relação com acionistas pode alavancar seu negócio?

02 dezembro 2020 - 10h53Por Redação SpaceMoney

*Por Rodrigo Fiszman e Patricia Stille

É sempre um desafio para empresários construir um relacionamento mais próximo e transparente com seus investidores. Muitas vezes a falta de experiência, e de orientações sobre boas práticas, inibe a interação saudável e construção de confiança que nutre uma boa relação.

Acionistas podem se tornar muito estratégicos para o desenvolvimento dos seus negócios, especialmente se forem investidores profissionais e/ou fundos de investimento. Por terem aportado capital são sempre alinhados com o sucesso da companhia, mas se eles se sentirem parte da empresa, certamente poderão ir muito além, abrindo portas importantes e ajudando a criar oportunidades de crescimento.

Para te ajudar a conquistar mais proximidade, listamos 3 dicas e selecionamos alguns pontos sobre o que os que investem em participações de empresas normalmente desejam saber, são eles:

1. Desperte senso de pertencimento

O contato próximo e fácil permite estreitar a relação e faz com que o investidor se sinta parte do negócio. Isso pode aumentar as possibilidades de surgirem novas conexões como, por exemplo, uma introdução para um novo grupo de clientes que pode gerar valor para a companhia.

2. Invista em uma boa comunicação

Reports e atualizações periódicas mostram uma empresa que tem maturidade para praticar uma boa governança. Ao deixar os acionistas a par do desempenho, fatos relevantes e updates da empresa, cria-se espaço para potenciais contribuições dos investidores no negócio. Além de ser a maneira correta de manter a relação, essa postura pode ajudar no futuro, diante de novas captações, por exemplo.

3. Pratique sempre a transparência

Um dos principais pilares na relação empresário - investidor é a transparência, em todos os aspectos. Assegurar que as informações-chave chegarão às partes interessadas, e permitir o fácil acesso aos dados da companhia, é fundamental. Isso ajuda a reforçar confiança e aumenta o engajamento dos stakeholders no negócio. Por isso, sugerimos 4 instrumentos para facilitar boas práticas de mercado na sua empresa.

a) Relatórios Periódicos: Mantenha seus acionistas informados com materiais que reflitam o desempenho da empresa, destacando os números relevantes e trazendo atualizações periódicas dos indicadores de performance operacional e financeira.

b) Highlights Mensais: É interessante criar uma newsletter mensal com os principais acontecimentos do período. Isso irá engajar ainda mais os investidores, pois sempre estarão por dentro do que está acontecendo. Cite tanto os updates positivos quanto os negativos.

c) Reuniões de Conselho: Formar um conselho organizado, composto por expertises complementares, e que possibilite discussões construtivas para o futuro da sua empresa é essencial. Uma dica é sempre enviar a pauta da reunião e os materiais a serem apresentados pelo menos 1 semana antes para que os membros possam refletir sobre potenciais inputs, e registrar ata incluindo os compromissos assumidos por cada participante.

d) Governança Corporativa: Busque adotar padrões nos diferentes relatórios e arquivos enviados para possibilitar uma base de comparação dos seus resultados entre períodos, e o registro adequado do histórico da empresa. Além disso, invista em uma cultura de valorização dos ritos, mantendo a disciplina dos diferentes comitês, reuniões periódicas e compartilhando as decisões nos fóruns pertinentes.

Pense que você não está “gastando seu tempo” nessas rotinas, mas sim “investindo” em algo muito maior. Receber recursos de investidores não se resume a fazer um pitch deck persuasivo e organizar uma rodada de captação pontual, trata-se de uma relação de longo prazo, em que o pós investimento deve ser estratégico e marcado por novas oportunidades. Por isso, é bem importante se dedicar para construir laços cada vez mais estreitos a fim de reforçar sua credibilidade. Afinal, seus investidores estão apostando no sucesso do seu negócio, e ficarão cada vez mais motivados a contribuir, participando dessa trajetória lado a lado com você.

*Rodrigo Fiszman é sócio-fundador do Grupo Solum. Patricia Stille é sócia do Grupo Solum e CEO da beegin

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: