terça, 05 de julho de 2022
[IPE NECTON - SPACENOW DESKTOP]
Empreendedorismo

Como criar uma fintech: veja seis dicas para sua empresa se destacar

Além de contar com um time altamente engajado, é necessário que os idealizadores estejam focados em seus projetos

12 agosto 2021 - 14h10Por Redação SpaceMoney
IPE - NECTON - BILBOARD TOPO 2 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS E DEMAIS]
 - Crédito: Floriane Vita via Unsplash

Toda fintech que almeja o crescimento acelerado deve ter clareza sobre seu produto, serviço e público-alvo. Isso porque, o sucesso dessas novas empresas está diretamente relacionado ao problema que a startup surge para resolver.

Além de contar com um time altamente engajado, é necessário que os idealizadores estejam focados em seus projetos para que consigam exprimir os planos e metas, com trabalho e adequação com agilidade.

Thiago Eik e André Bravo, fundadores da Bankme, separaram seis dicas para quem deseja criar uma fintech:

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Mercado

Certifique-se de que a dor que você identificou é um problema social relevante, percebido, inclusive, por outras pessoas ou empresas, e não apenas uma má experiência vivenciada por você.

“Existem muitas metodologias que ajudam a realizar esse estudo, mas uma das mais utilizadas é o TAM/SAM/SOM (Mercado Total / Mercado Endereçável / Mercado Acessível). Se aplicado corretamente, a técnica pode auxiliar na obtenção de uma resposta final sobre o público endereçável do produto”, explica Bravo.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

Time e cultura

Convicto de que você tem uma boa ideia (relevante ao mercado), é hora de se concentrar na criação de um time de alta performance.

De acordo com o executivo, este processo garante o acerto nas contratações, já que a empresa passa a ter clareza sobre seus pilares culturais. Desta forma, será possível garantir a atração de pessoas que visualizam propósitos comuns ao da sua fintech.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Visão estratégica

Em posse de uma boa ideia e um time de primeira linha, precisamos, então, reunir os conhecimentos das lideranças e, ainda, colocar em pauta o planejamento estratégico.

“Neste caso, é necessário ter algo que permita aos envolvidos obter uma visão clara dos objetivos e metas da empresa, tanto no curto quanto no longo prazo”, diz Thiago Eik, CEO da Bankme. 

Agilidade

Uma startup em pleno funcionamento pode passar por um crescimento muito rápido e acelerado. Isso exige dos idealizadores e gestores estratégicos a capacidade de se adaptarem com agilidade, seja para adequar seu time, plano, produto ou serviço e, até mesmo, seu público-alvo.

Foco

É requisito obrigatório que seus idealizadores estejam absolutamente focados e até mesmo obcecados pelo negócio, justamente pela velocidade que as coisas acontecem e se transformam em uma fintech.

A falta de foco e concentração no seu negócio coloca em risco até mesmo a mais brilhante das ideias. 

Escalabilidade

Para que sua fintech, de fato, decole, somado a todos os fatos que foram elencados acima, é indispensável que o empreendedor encontre formas de atrelar tecnologia ao seu produto.

“Ou seja, implementar um método que permita seu negócio se replicar em ritmo acelerado, independente da intervenção humana”, finaliza Eik.

Com informações de Oliver Press.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content