Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Agricultura

Café cai 4% na ICE com liquidação de fundo e previsões de chuvas no Brasil

Café arábica para dezembro fecha em queda de 8,45 centavos de dólar

05 outubro 2021 - 19h50Por Reuters

Por Marcelo Teixeira e Maytaal Angel, da Reuters - Os contratos futuros do café arábica na ICE fecharam em queda de mais de 4% nesta terça-feira, com especuladores liquidando parte de suas posições compradas em meio à previsão de chuvas abundantes sobre os campos de café no Brasil, maior produtor.

açúcar bruto avançou após a forte alta dos preços de energia.

Café

O café arábica para dezembro fechou em queda de 8,45 centavos de dólar, ou 4,2%, em 1,919 dólar por libra-peso, após atingir a máxima de dois meses de 2,0685 dólares na sessão anterior.

Alguns especuladores que compraram futuros do café nos pregões anteriores devido a incertezas relacionadas à oferta na próxima temporada decidiram liquidar parte dessa posição, visto que fortes chuvas estão caindo sobre as safras do Brasil nos próximos dias.

"Na sexta-feira (1), vimos o aumento da OI (contratos em aberto, em português) em impressionantes 8,8 mil lotes que pareciam ser especificações adicionadas às compras, e isso continuou com outros 1,2 mil lotes na segunda-feira", disse Ryan Delany, analista-chefe da Coffee Trading Academy, LLC.

"No entanto, é difícil para o mercado ficar super otimista com a seca quando está chovendo e a previsão é que continue chovendo acima e além do normal", disse ele.

O Painel de Clima Agrícola do Refinitiv indica chuvas de até 90 milímetros (3,54 polegadas) no próximo fim de semana no Sul de Minas Gerais, a região cafeeira número 1 do Brasil.

A umidade adicionada deve ajudar no desenvolvimento da safra para a colheita do próximo ano, embora ainda mais seja necessária.

O café robusta para novembro fechou em queda de 37 dólares, ou 1,7%, em 2.111 dólares a tonelada.

Açúcar

O açúcar bruto para março avançou 0,16 centavo de dólar, ou 0,8%, em 19,85 centavos de dólar por libra-peso, com os preços de energia disparando. (O.R)

O aumento nos preços da energia e dos combustíveis está se espalhando para os combustíveis renováveis e matérias-primas, disseram os operadores.

"As energias renováveis estão recebendo uma oferta, à medida que o petróleo continua subindo", disse um corretor de açúcar dos EUA, acrescentando que os futuros de óleo de soja e óleo de palma também subiram fortemente.

Espera-se que o balanço de oferta mundial de açúcar melhore na temporada de 2021/22 devido à maior produção na Ásia e na Europa, disse a corretora StoneX nesta terça-feira.

O açúcar branco para dezembro avançou 4,90 dólares, ou 1,0%, em 507,50 dólares a tonelada.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: