Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Recomendação

BTG recomenda compra de ações da Dasa (DASA3)

Companhia anunciou na manhã desta quinta-feira (1) a aquisição da clínica oncológica AMO por R$ 750 milhões

01 julho 2021 - 12h40Por Redação SpaceMoney

Na manhã desta quinta-feira (1), o BTG Pactual (BPAC11) divulgou relatório de análise sobre a Dasa (DASA3). Também hoje, a companhia informou a aquisição da clínica oncológica AMO por R$ 750 milhões. Em razão dessa aquisição e de outros fatores, o BTG reiterou a recomendação de compra das ações da Dasa no preço-alvo de R$ 74,00.

"Nós consideramos o movimento positivo por ser altamente estratégico para reforçar a exposição da empresa ao segmento de oncologia, ao mesmo tempo em que possibilita o desenvolvimento de seu ecossistema em Salvador - sede da maior parte das operações da AMO", diz o BTG.

Fundada em 1994 em Salvador, a Clínica AMO tem crescido continuamente nos últimos anos, com faturamento estimado em R$ 394 milhões em 2021 ante os R$ 249 milhões reportados sobre o ano de 2019. Com atuação majoritariamente concentrada no estado da Bahia, mas também com atuação no Rio Grande do Norte e em Sergipe, a empresa possui 16 unidades de atendimento que oferecem tratamentos oncológicos, atenção primária e diagnósticos.

Segundo o relatório, a cidade de Salvador contabiliza 1.300.000 de beneficiários de planos de saúde. A Dasa vai enfrentar a forte presença de planos nacionais como Bradesco, SulAmérica e Amil, além da Rede D'Or, que opera três hospitais na região, e MaterDei, que deve inaugurar em 2022 um novo hospital na capital soteropolitana com 350 leitos.

Diz o BTG que a Dasa já entregou integralmente sua perspectiva de M&A (fusões e aquisições) prevista em seu re-IPO de hospitais para 2021.

"Desde sua fusão com a Impar, a empresa executou cinco aquisições de hospitais, que trouxeram 1.700 leitos hospitalares, duas tecnologias de saúde e agora um grande player de oncologia. Embora cada vez mais em níveis mais elevados, a alavancagem da Dasa ainda parece confortável para novos movimentos - ao conectar a aquisição da Clinica Amo", afirmam os analistas. 

"A mudança de hoje está praticamente em linha com esta estratégia, já que a coordenação de planos de saúde da Dasa deve ganhar força no mercado de Salvador. Ao capturar receitas mais altas por usuário por meio de maior participação na carteira, a perspectiva do mercado é brilhante", conclui.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: