terça, 28 de maio de 2024
SpaceMercado

BRF (BRFS3), JBS (JBSS3), Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) caem, com emergência zoosanitária

Papéis chegaram a perdas de 5,2% com o reconhecimento de estágio sanitário pelo Ministério da Agricultura

24 maio 2023 - 09h06Por Lucas de Andrade

Na última terça-feira (23), as ações de BRF (BRFS3) recuaram 4,91%, cotadas a R$ 7,75, ao passo que os papéis de Marfrig (MRFG3) registravam queda de 5,18%, ao preço de R$ 6,59.

Em desempenho negativo menos significativo, Minerva (BEEF3) cedeu 1,26%, a R$ 10,16, e a JBS (JBSS3) caiu 0,93%, ao valor de R$ 16,98 por papel.

O movimento incorporava a informação que o Ministério da Agricultura publicou, na noite da véspera (22), em edição extra do Diário Oficial da União.

A pasta publicou a Portaria 587, que confirma a declaração de estado de emergência zoossanitária em todo território nacional, por 180 dias, em função da detecção da infecção pelo vírus da influenza aviária H5N1 de alta patogenicidade (IAAP) em aves silvestres no Brasil.

A decisão foi antecipada mais cedo, no mesmo dia, pelo Broadcast Agro.

“A declaração de estado de emergência zoossanitária possibilita a mobilização de verbas da União e a articulação com outros ministérios, organizações governamentais – nas três instâncias: federal, estadual e municipal – e não governamentais”, alegou o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro (PSD-MT).

Fávaro alegou que o processo “assegura a força de trabalho, logística, recursos financeiros e materiais tecnológicos necessários para executar as ações de emergência”, com o objetivo de visar a não propagação da doença.

Com informações de Broadcast e O Estado de S.Paulo.