segunda, 27 de maio de 2024
Empresas

Bradesco (BBDC3) capta R$ 1,3 bi junto ao IFC para fornecer crédito a empresas da economia criativa

Empréstimo será focado nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, beneficiando indústrias que usam a cultura, criatividade e propriedade intelectual como principal insumo para criar produtos com valor comercial

10 outubro 2023 - 10h21Por Redação SpaceMoney

A fim de gerar crédito para micro, pequenas e médias empresas, o Bradesco (BBDC3)(BBDC4) captou R$ 1,3 bilhão com a International Finance Corporation (IFC), o braço financeiro do Banco Mundial, em Washington, nos Estados Unidos. 

A princípio, o empréstimo será focado nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, sobretudo para as empresas que atuem em setores da economia criativa, que incluem indústrias que usam a cultura, criatividade e propriedade intelectual como principal insumo para criar produtos com valor comercial. 

Estão inclusas empresas que atuem em arte, entretenimento, design, mídia e moda, entre outros segmentos.

“Daremos foco na valorização de atividades da economia criativa, fortalecendo a cultura local nessas regiões”, afirma o diretor de sustentabilidade do Bradesco, Marcelo Pasquini.

Assim, a parceria com a IFC busca emprestar para pequenas companhias que façam parte dos chamados Arranjos Produtivos Locais (APLs), que representam grupos de empresas que se articulam com governos locais, associações regionais e entre si para produzir.

O banco é a única instituição financeira privada a fazer parte do Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais (GTP-APL) e atua em cerca de 423 desses arranjos em 1.543 municípios, atingindo mais de 40 mil empresas no Brasil.

 

As informações são do Broadcast/Estadão.