quinta, 23 de maio de 2024
SpaceCriptos

Binance e CBF lançam primeiro NFT do Brasileirão Assaí

NFT Passe de Temporada garante aos torcedores que aderirem à plataforma uma experiência avançada

16 abril 2023 - 14h00Por Redação SpaceMoney

A Binance, maior provedora mundial de infraestrutura para o ecossistema blockchain e de criptomoeda, e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a maior entidade do futebol no Brasil, uniram-se para lançar o primeiro NFT da história do Brasileirão Assaí.

A iniciativa oferece aos torcedores acesso à tecnologia que irá aprimorar a experiência do fã e conceder vantagens exclusivas.

Desde o dia 14 de abril, um dia antes do início do torneio de 2023, o NFT Passe de Temporada pode ser solicitado gratuitamente pelos fãs de futebol. Você precisa seguir três passos rápidos:

  • Cadastre-se no site do Brasileirão Assaí para resgatar um código.
  • Acesse a página inicial do NFT Passe de Temporada do Brasileirão Assaí 2023 da Binance com o código e registre-se. Quem já for usuário da Binance também pode resgatar seu NFT se indicar amigos para abrirem uma conta na exchange.
  • Conclua o processo de verificação de identidade (know your customer, ou KYC), e o NFT vai desbloqueado automaticamente.

 

"Na minha gestão à frente da CBF, buscamos nos conectar com todas as formas de interação com o torcedor. E não seria diferente nesta parceria com a Binance. Trazer a tecnologia, aliada à emoção do futebol, nos dará ainda mais opções de aproximação e de engajamento com novos públicos e diferentes perfis de torcedores", avaliou o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues.

 

"Acreditamos que as criptomoedas e a blockchain são o futuro do dinheiro e da internet, especialmente nos países em desenvolvimento", afirma Guilherme Nazar, diretor-geral da Binance no Brasil.

“Estamos honrados em fazer essa parceria com a CBF e temos certeza de que esse lançamento histórico permite que mais brasileiros se sintam mais próximos de seus clubes e aprendam sobre criptomoedas, para que possam aproveitar o que essa tecnologia tem a oferecer”.

 

As informações são de FSB Comunicação.