quinta, 30 de junho de 2022
[IPE NECTON - SPACENOW DESKTOP]
Radar corporativo

B3 (B3SA3), Fleury (FLRY3) e Lojas Renner (LREN3) lideram quedas no Ibovespa após balanços do 4T21

Na outra ponta, Cielo (CIEL3), Positivo (POSI3) e Yduqs (YDUQ3) são os destaques positivos dentro do índice

18 março 2022 - 10h50Por Investing.com
IPE - NECTON - BILBOARD TOPO 2 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS E DEMAIS]

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O Ibovespa avança 0,05%, a 113.135 pontos às 10h37, com B3 (SA:B3SA3), Fleury (SA:FLRY3) e Lojas Renner (SA:LREN3) na liderança entre as quedas nesta manhã.

Na outra ponta, Cielo (SA:CIEL3), Positivo (SA:POSI3) e Yduqs (SA:YDUQ3) são os destaques positivos dentro do índice.

Confira as principais notícias corporativas do dia:

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Embraer (SA:EMBR3) - A Eve UAM, uma empresa da Embraer, e a Acciona, empresa que atua no fornecimento de soluções regenerativas para uma economia de baixo carbono, anunciaram nesta sexta-feira, 18, uma parceria estratégica para acelerar o desenvolvimento de um ecossistema de Mobilidade Aérea Urbana global e sustentável.

Pela parceria, após a conclusão da combinação de negócios da Eve com a Zanite Acquisition Corp., a Acciona investirá US$ 30 milhões, juntando-se ao grupo de investidores estratégicos que atualmente estão apoiando o desenvolvimento da Eve e de seu plano de negócios.

Os papéis sobem 2,25%, a R$ 15,03.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

CVC (SA:CVCB3) - A operadora de turismo CVC admite que o setor de viagens só deve retomar o desempenho pré-pandemia em 2023, mas começou a sentir já no ano passado efeitos de ajustes operacionais que realizou: a receita líquida no quarto trimestre de 2021 cresceu 92,9% na comparação anual, chegando a R$ 314 milhões.

Os ativos avançam 1,22%, a R$ 12,40.

BR Malls (SA:BRML3) e Aliansce Sonae (SA:ALSO3) - O conselho de administração da BRMalls decidiu por unanimidade recusar a segunda oferta de fusão com a Aliansce Sonae, que consistia em um pagamento em dinheiro no valor R$ 1,850 bilhão, aumento de R$ 500 milhões.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

A empresa avalia que o novo preço proposto ainda não corresponde ao que considera aceitável.

As ações da BR Malls recuam 2,09%, a R$ 8,44, enquanto as da Aliansce Sonae sobem 0,10%, a R$ 19,88. 

Energisa (SA:ENGI4) - O grupo Energisa reportou lucro líquido consolidado de R$ 582,6 milhões no 4T21, um aumento de 203,4% na comparação anual. Com isso, no acumulado do ano, o resultado líquido da companhia alcançou o recorde de R$ 3,068 bilhões, alta de 90,9%.

Os ativos caem 0,36%, a R$ 44,10.

GPA (SA:PCAR3) - O GPA informou o desligamento, a partir de hoje, do presidente executivo Jorge Faiçal Filho. A companhia passará a ser liderada por Marcelo Pimentel, que renunciou ao cargo de diretor presidente das Lojas Marisa (SA:AMAR3).

Os papéis perdem 0,61%, a R$ 22,86.

Fleury - O Grupo Fleury registrou lucro líquido de R$ 70,8 milhões no quarto trimestre de 2021, o que representa queda de 49,2% ante o mesmo intervalo de 2020.

Por outro lado, em todo o ano, a companhia teve lucro de R$ 349,9 milhões, avanço de 36,2% em relação ao ano anterior.

As ações caem 2,61%, a R$ 16,42.

Eztec (SA:EZTC3) - O lucro líquido da incorporadora Eztec caiu 48% na comparação entre o quarto trimestre de 2021 com o mesmo intervalo de 2020, para R$ 72,480 milhões.

O Ebitda foi a R$ 53,213 milhões, baixa de 29,4%. A margem Ebitda subiu 1,4 ponto porcentual, para 30,2%.

Os ativos recuam 2,64%, a R$ 16,20.

Cyrela (SA:CYRE3) - A Cyrela reportou lucro líquido de R$ 218 milhões no quarto trimestre de 2021, queda de 16,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A receita líquida da construtora chegou a R$ 1,3 bilhão entre outubro e dezembro, representando um crescimento anual de 24,6%.

Os papéis sobem 0,48%, a R$ 14,77.

Lojas Renner - A Lojas Renner teve lucro líquido de R$ 415,8 milhões no 4T21, crescimento de 17,5% ante mesmo período de 2020. A companhia apurou um Ebitda de R$ 776,1 milhões, avanço de 5,3% na comparação anual.

As ações despencam 5,85%, a R$ 21,56.

CPFL Energia (SA:CPFE3) - A CPFL Energia obteve um lucro líquido de R$ 1,33 bilhão no último trimestre de 2021, alta de 34,5% no comparativo anual. Já o Ebitda da CPFL alcançou R$ 2,54 bilhões no quarto trimestre, 32,4% superior à base anual.

Os ativos ganham 0,09%, a R$ 31,78.

B3 - A B3 teve no 4T21 um lucro líquido de R$ 1,229 bilhão, aumento de 6% sobre um ano antes.

A receita líquida caiu 4,4% ano a ano, para R$ 2,179 bilhões.

Os papéis despencam 4,60%, a R$ 13,26.

Vivara (SA:VIVA3) - A Vivara teve um lucro recorrente de R$ 287 milhões em 2021, quase o dobro do ano anterior.

No 4T21, o lucro ficou em R$ 134 milhões, alta anual de 44,5%.

As ações caem 1,86%, a R$ 24,32.

Sinqia (SA:SQIA3) - A Sinqia teve um lucro líquido de R$ 20 milhões em 2021 e um Ebitda de R$ 70 milhões.

Os papéis disparam 3,41%, a R$ 16,70.

Portobello (SA:PTBL3) - A Portobello registrou lucro líquido de R$ 54,9 milhões no quarto trimestre de 2021, alta de 57,8% na comparação anual.

O seu Ebitda foi de R$ 94,5 milhões, alta de 26,5%, e a margem Ebitda ficou em 18,2%, queda de 0,5 ponto percentual sobre o ano anterior.

Os ativos avançam 0,79%, a R$ 8,89.

Infracommerce (SA:IFCM3) - A Infracommerce registrou prejuízo líquido de R$ 24,5 milhões no quarto trimestre de 2021. O Ebitda da empresa no quarto trimestre de 2021 alcançou R$ 6,0 milhões, em queda de 25%.

As ações sobem 1,12%, a R$ 15,37.

Paranapanema (SA:PMAM3) - A Paranapanema registrou prejuízo líquido de R$ 188,1 milhões no quarto trimestre de 2021. O Ebitda ficou negativo em R$ 22,3 milhões.

Os ativos despencam 4,76%, a R$ 7,21.

Grupo Soma (SA:SOMA3) - O Grupo Soma registrou lucro líquido de R$ 47,4 milhões no quarto trimestre deste ano, alta de 18,9% ante o mesmo período de 2020. O Ebitda foi de R$ 89 milhões, acréscimo de 31,1%.

Os papéis caem 1,24%, a R$ 11,99.

Cury - A Cury Construtora (SA:CURY3) e Incorporadora registrou lucro líquido de R$ 111,6 milhões no quarto trimestre, alta de 50% na comparação anual.

As ações ganham 1,77%, a R$ 6,91.

Petrobras (SA:PETR4) - Segundo O Globo, o governo planeja tirar Joaquim Silva e Luna da presidência da Petrobras, usando a estratégia de excluir o seu nome da lista enviada para compor o Conselho de Administração da estatal na próxima reunião de acionistas no dia 13 de abril.

Como o estatuto da companhia determina que o presidente da empresa precisa ser um conselheiro, o general estaria automaticamente destituído.

A especulação surge em meio às polêmicas sobre o reajuste no preço do combustível.

A Petrobras afirmou que tem "sensibilidade" em relação aos preços de combustíveis e os impactos de reajustes para a sociedade, após elevar em 25% a cotação do diesel e em quase 19% a sua gasolina nas refinarias na semana passada, mas afirmou que a alta volatilidade está sendo monitorada, o que não permite à companhia antecipar alterações nas cotações.

Os papéis sobem 0,40%, a R$ 30,13.

Enauta  (SA:ENAT3) - A Enauta registrou lucro líquido recorde de R$ 1,4 bilhão em 2021. No quarto trimestre, o lucro líquido totalizou R$ 690,7 milhões.

Os ativos avançam 2,46%, a R$ 21,62.

Mills (SA:MILS3) - A Mills aprovou o cancelamento de 6.197.374 ações mantidas em tesouraria sem a redução do seu valor de capital.

Também anunciou um plano de recompra, serão adquiridas 14.917.035 ações, que correspondem a 6,06% do seu capital social atualizado após o cancelamento dos papéis em tesouraria.

O prazo para essa operação é de 18 meses.

As ações caem 1,10%, a R$ 6,31. 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content