quinta, 30 de junho de 2022
[IPE NECTON - SPACENOW DESKTOP]
O que influencia o dia

Ataque à usina nuclear, Payroll, preços de petróleo e trigo: as principais notícias de hoje (4)

Fique por dentro dos cinco principais assuntos que movimentarão as bolsas em todo o mundo nesta sexta-feira

04 março 2022 - 09h30Por Investing.com
IPE - NECTON - BILBOARD TOPO 2 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS E DEMAIS]

Por Geoffrey Smith e Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O bombardeio russo causa um incêndio na maior usina nuclear da Europa - mas não há relatos de qualquer vazamento de radiação.

O euro e os mercados de ações europeus caem com a perspectiva de que as brechas existentes nas sanções sejam fechadas para estrangular as exportações russas de commodities.

Os preços das commodities, por sua vez, estão a caminho de seu maior ganho semanal desde a década de 1960, liderados durante a madrugada pelos avanços do trigo e do petróleo.

[NECTON IPE -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

O relatório mensal da folha de pagamento dos EUA deve ser divulgado e deve manter o Federal Reserve no caminho para um aumento de 25 pontos base nas taxas de juros no final deste mês.

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na sexta-feira, 4 de março:

1. Forças russas atacam a maior usina nuclear da Europa

As forças russas garantiram o controle da maior usina nuclear da Europa, nos arredores de Zaporizhzhya, no leste da Ucrânia. Um incêndio que eclodiu em um prédio longe dos reatores nucleares foi controlado. Não houve danos aos reatores.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Os temores de um possível vazamento de radiação – alimentados pela memória popular do desastre de Chernobyl no norte da Ucrânia durante o final do período soviético – se mostraram infundados.

Os reatores são construídos de forma completamente diferente e foram adaptados com um enorme recipiente de contenção que o protege contra os cenários mais plausíveis.

O Ministério da Defesa da Rússia atribuiu o incêndio a um esquadrão de provocadores ucranianos. O chefe da Agência Internacional de Energia Atômica, Raphael Grossi, disse que os danos foram causados pelo armamento russo.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

O primeiro-ministro da Lituânia disse que o bombardeio russo da usina equivale a “terrorismo nuclear”.

Rússia e China votaram na quinta-feira contra uma resolução da AIEA que visa garantir a segurança das instalações nucleares da Ucrânia.

Buscando rentabilidade na Bolsa de valores? Saiba como aumentar seus retornos com um assessor da Ipê Investimentos via WhatsApp.

2. Euro atinge mínimos de 22 meses à medida que os temores de sanções se aprofundam

O euro caiu abaixo de US$ 1,10 pela primeira vez desde maio de 2020, com o progresso da guerra da Rússia na Ucrânia, que aumenta a probabilidade de sanções ocidentais mais duras que atingirão a economia da zona do euro de forma desproporcional.

Os mercados acionários europeus também estenderam seu declínio, com o italiano FTSE MIB a caminho de uma queda de 11% esta semana e o alemão DAX a caminho de uma queda de 9,3%.

Um assessor do presidente francês, Emmanuel Macron, informou a repórteres na quinta-feira que as pessoas devem "temer o pior" depois que o russo Vladimir Putin repetiu sua determinação em um telefonema com Macron de levar a guerra até o fim.

O número de políticos europeus de alto escalão agora dispostos a aceitar uma proibição completa das compras de exportações de energia russa – que foram originalmente isentas dos pacotes de sanções da semana passada – está aumentando diariamente, à medida que as cenas de devastação nas cidades da Ucrânia se multiplicam.

3. Mercado de trabalho dos EUA

Espera-se que a economia dos EUA tenha adicionado outros 400.000 empregos no mês até meados de fevereiro, continuando sua rápida substituição dos empregos perdidos durante a pandemia. O Departamento do Trabalho divulga seu relatório mensal às 10h30.

Isso representaria uma desaceleração modesta em relação a 478.000 em janeiro, mas ainda um desempenho impressionante, dada a interrupção no varejo, viagens e hospitalidade da onda de Covid-19 da variante Ômicron.

Também consolidaria as expectativas de um aumento de 25 pontos base na taxa de fundos federais quando o comitê de formulação de políticas do Federal Reserve se reunir em duas semanas.

Espera-se que a taxa de desemprego tenha caído de 4,2% para 3,9%, mas os analistas também se concentrarão nos desenvolvimentos com a taxa de participação da força de trabalho, que ainda está mais de um ponto percentual abaixo do nível pré-pandemia de 63,4%.

4. Ações americanas devem abrir em baixa

As ações dos EUA devem abrir em baixa mais tarde, em meio ao fluxo de notícias negativas da Ucrânia e da Rússia. A Duma russa aprovou anteriormente uma lei que puniria a divulgação de notícias "enganosas" sobre a guerra na Ucrânia com até 15 anos de prisão.

Às 09h13, os futuros da Dow Jones recuavam 0,85%, enquanto os da Nasdaq 100 e da S&P 500 caíam 0,77% e 0,84%, respectivamente.

As ações que provavelmente estarão em foco mais tarde incluem a empresa de software Splunk, que recebeu um voto de confiança da Helman & Friedland na forma de uma compra de participação de 7,5%. As ações da Gap e da Broadcom também estão em alta no pré-mercado após atualizações trimestrais bem recebidas na quinta-feira, enquanto as ações da Costco são marcadas para baixo após avisos de atrasos de contêineres, maior mão de obra e custos de frete e escassez de chips, todos os quais superaram os resultados acima do esperado em seu segundo trimestre fiscal.

5. Preço do petróleo

As commodities continuaram a caminho de seu maior ganho semanal desde a década de 1960, já que a perspectiva de sanções mais rígidas às exportações russas continuava a forçar os compradores a procurar substitutos.

Às 09h14, os futuros do petróleo nos EUA avançavam 2,40%, a US$ 110,25 o barril, enquanto os de Brent subiam 1,98%, a US$ 112,65. Embora esteja um pouco abaixo dos picos vistos no início desta semana, ainda é um ganho semanal de mais de 20%, o tipo de aumento que no passado sempre resultou em destruição da demanda e desaceleração econômica.

No Brasil, a escalada nos preços do petróleo no mercado internacional já cria conversas sobre a possibilidade da Petrobras (SA:PETR4) elevar o preço do combustível no Brasil em um futuro próximo.

Então, ontem, 03, o presidente Jair Bolsonaro (PL), defendeu que a estatal abrisse mão dos seus lucros para evitar esse aumento na gasolina. A crítica à alta do combustível está ligada ao impacto que esses preços têm na inflação, um dos principais problemas de Bolsonaro para a sua reeleição.

“Não tenho como interferir, nem vou interferir, na Petrobras. Agora, a Petrobras, por sua vez, sabe da sua responsabilidade e sabe o que tem que fazer para colaborar para que o preço do combustível aqui dentro não dispare. Estamos vendo, aqui na mídia, e é verdade, o lucro que a Petrobras está tendo. Eu acho que esse lucro, dependendo da decisão dos diretores, do conselho, do presidente, poderia, nesse momento de crise, ser rebaixado um pouquinho para a gente não sofrer muito aqui”, afirmou Bolsonaro na sua Live semanal.

Em 2021, a Petrobras teve um lucro recorde de R$ 106,6 bilhões.

Além disso, os preços do trigo também continuaram a subir, um dia depois que um cargueiro estoniano afundou no Mar Negro depois de atingir uma mina. Isso acabou com a chance de qualquer navio garantir seguro para viagens de e para os portos russos e ucranianos do Mar Negro.

Os dois países respondem por quase 30% das exportações globais de trigo.

Em outros lugares, os futuros do Níquel atingiram os US$ 29.823 a tonelada em Londres, a maior desde 2008, com os mesmos temores sobre a disponibilidade do suprimento russo.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content