Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Aporte

ADDI, fintech de crédito, recebe investimento de R$ 350 milhões

O aporte foi liderado pela Union Square Ventures

26 maio 2021 - 14h25Por Redação SpaceMoney

 A ADDI, fintech de crédito, anunciou nesta quarta-feira (26) um aporte de US$ 65 milhões (aproximadamente R$ 350 milhões), em uma rodada de investimento "série B", sendo US$35 milhões de equity e US$30 milhões de linha de crédito, da Architect Capital.

O aporte foi liderado pela Union Square Ventures, com os novos investidores 8VC, Citius Capital, Endeavor Catalyst, The Marathon Fund, GGV partner Hans Tung e o ex-COO Huey Lin da Affirm. Os investidores anteriores Andreessen Horowitz, Foundation Capital, Monashees e Quona Capital também participaram da nova rodada.

Segundo a empresa, os recursos serão usados para expandir seus negócios na Colômbia, país de origem da companhia, e apoiar seu lançamento oficial e expansão no Brasil, onde começou a operar em 2021.

"Nós oferecemos aos varejistas e clientes a possibilidade de, digitalmente, fazerem transações com uma forma de pagamento rápida, justa e disruptiva", explica Santiago Suarez, cofundador e CEO da ADDI.

A ADDI foi fundada em Bogotá em 2018 por Santiago Suarez, Daniel Vallejo e Elmer Ortega, realizando o parcelamento sem a necessidade de cartão de crédito, usando as modalidades de boleto ou Pix. Os clientes da fintech podem comprar de seus varejistas favoritos de maneira parcelada, sem juros e sem a necessidade de um cartão de crédito, efetuando seus pagamentos posteriormente para a companhia. A ADDI está disponível no comércio eletrônico, em dispositivos móveis e também em lojas físicas e televendas.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: