Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Radar corporativo

Ações da CSN sobem com CSN Mineração; frigoríficos caem com decisão da Argentina

Essas são as principais notícias corporativas do dia

18 maio 2021 - 11h12Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações do Banco do Brasil (SA:BBAS3) lideravam as altas da B3 desta terça-feira (18), seguidas pelas da CSN após a subsidiária CSN Cimentos registrar pedido de oferta inicial de ações.

Na outra ponta, Minerva recuava de 4% após o governo argentino bloquear as exportações de carne bovina do país por trinta dias. Essas são as principais notícias corporativas do dia:

Frigoríficos - A Argentina suspendeu hoje a exportação de carne bovina por um mês, informa o Valor, medida que deve afetar os frigoríficos brasileiros Minerva (SA:BEEF3) e Marfrig (SA:MRFG3), com produção no país vizinho. As ações da Minerva recuavam 0,71%, a R$ 9,77, enquanto as da Marfrig recuavam 0,76%, a R$ 18,33.

Petrobras (SA:PETR4) - A participação da Petrobras na Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) do Brasil vem caindo anualmente, e a tendência é de que esse movimento persista também em 2021. Os papéis preferenciais subiam 1,45%, a R$ 26,67.

Copel (SA:CPLE6) - A Copel Geração e Transmissão, da elétrica Copel, assinou contrato para a compra de 100% do Complexo Eólico Vilas, localizado em Serra do Mel (RN) e atualmente pertencente à Voltalia Brasil, informou a companhia paranaense nesta segunda-feira. As units caíam 0,11%, a R$ 28,80.

CSN - A siderúrgica CSN (CSNA3 (SA:CSNA3)) apresentou pedido de registro de oferta pública para distribuição primária de ações da CSN Cimentos na B3 (SA:B3SA3).

Mosaico - A Mosaico (SA:MOSI3) registrou lucro líquido ajustado por evento não recorrentes (IPO e despesas com quitação de empréstimo) de R$2,9 milhões, com margem de 5,6%. Na visão contábil, o resultado foi negativo em R$53 mil.

Gafisa (SA:GFSA3) - A Gafisa apresentou lucro líquido de R$ 12,9 milhões no primeiro trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 25,4 milhões do mesmo período do ano anterior. Os papéis caíam 3,33%, a R$ 4,65.

Eneva (SA:ENEV3) - A Eneva informou nesta segunda-feira que deu início ao comissionamento à quente do campo de gás de Azulão, localizado na bacia do Amazonas, por meio de um teste de produção em um dos poços do ativo, realizado na semana passada. O papel caía 0,67%, a R$ 16,38.

Terra Santa - A Terra Santa Agro (SA:TESA3), uma das maiores produtoras de grãos e fibras do País, registrou prejuízo líquido de R$ 38,3 milhões no primeiro trimestre de 2021 em comparação com lucro líquido de R$ 11,8 milhões em igual período de 2020. A ação subia 0,16%, a R$ 44.

Pague Menos - A rede de varejo farmacêutico Pague Menos (SA:PGMN3) fechou na noite de segunda-feira a compra da rival Extrafarma do conglomerado Ultrapar (SA:UGPA3) por R$ 600 milhões, disseram à Reuters duas fontes a par do assunto. Os papéis subiam 0,56%, a R$ 10,74.

Boa Safra Sementes - A Boa Safra Sementes (SA:SOJA3) registrou prejuízo líquido de R$ 2,83 milhões no primeiro trimestre, revertendo lucro de R$ 1,81 milhão no mesmo período do ano anterior. As ações caíam 1,01%, a R$ 16,71.

Iochpe-Maxion - A Iochpe-Maxion (SA:MYPK3) registrou lucro líquido de R$ 52 milhões no primeiro trimestre, alta de 462,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. A ação subia 6,67%, a R$ 15,15.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: