terça, 05 de julho de 2022
[IPE NECTON - SPACENOW DESKTOP]
Planejamento financeiro

2ª parcela do 13º salário deve ser paga até hoje (20); veja como calcular e como usar

2ª parcela do 13º salário deve ser paga até hoje (20); De acordo com levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o valor médio do pagamento em todo o país neste ano chega a R$ 2.500

20 dezembro 2021 - 09h14Por Redação SpaceMoney
IPE - NECTON - BILBOARD TOPO 2 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS E DEMAIS]

Termina nesta segunda-feira (20) o prazo para que as empresas efetuem o pagamento da segunda parcela do 13º salário.

De acordo com levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o valor médio do pagamento em todo o país neste ano chega a R$ 2.500.

O valor total a ser recebido varia para cada trabalhador conforme o salário bruto e o tempo de atuação na empresa e, por isso, você precisa saber quanto se tem direito a receber e como utilizar as parcelas para finalizar o ano e iniciar 2022 no verde.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

A segunda parcela do décimo terceiro salário sofre desconto de INSS e Imposto de Renda. Portanto, para saber quanto vai receber, o trabalhador precisa calcular esse desconto, que mudou em 2021, com variações entre 7,5%, em salários até R$ 1.100, 9%, para aqueles até R$ 2.203,48, 12% até R$ 3.305,22 e 14% até R$ 6.433,57.

O desconto incide sobre o salário bruto ou proporcional aos meses trabalhados, de acordo com a faixa salarial.

"Neste cenário, quem trabalhou por um ano completo precisa tirar como base o salário bruto recebido no último mês de novembro. Já o restante pode fazer a conta de quanto irá receber, dividindo o salário por 12 e depois multiplicando o resultado pelo número de meses em que trabalhou até o momento", explica Marcelo Valentim, diretor administrativo da Eucontabilizo Web.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

O benefício deve ajudar a injetar R$ 232 bilhões na economia brasileira.

Ao todo, 83 milhões de pessoas que trabalham com carteira assinada têm direito a receber as duas parcelas do décimo terceiro.

Em um momento tão difícil da economia, com inflação em alta e com 74,6% das famílias brasileiras endividadas, usar esse benefício com sabedoria nunca foi tão importante, principalmente porque esse cenário deve permanecer no início do próximo ano. 

[NECTON IPE -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Nesse sentido, o especialista da Eucontabilizo Web separou algumas dicas para utilizar o 13º de forma consciente:

Pague as dívidas

O ideal para quem tem dívidas é usar, pelo menos, uma parte do 13º para quitá-las. Com o dinheiro em mãos, dá para negociar os valores. Ainda, priorize o pagamento das dívidas em atraso e com juros maiores.

Caso tenha dívidas menores, utilize um valor da quantia para antecipar o pagamento de parcelamentos que representarem boa vantagem financeira, como a redução de juros.

Utilize para as despesas extras do fim de ano

Com a situação econômica atual, muitas pessoas não conseguiram fazer um bom planejamento financeiro, ficando despreparadas para as despesas extras de fim de ano, como férias, festas, viagens e as comemorações natalinas, além dos gastos de início do próximo ano, como IPTU, IPVA e despesas escolares.

Utilize parte da renda extra para negociar tudo à vista com desconto, bem como evite entrar em novos parcelamentos. Se possível, opte por presentes e uma ceia mais simples, devido ao aumento dos preços.

Faça uma reserva de emergência

Caso não tenha dívidas, faça uma reserva financeira, guardando o dinheiro para momentos de necessidades e imprevistos. O 13º é uma excelente alternativa para completar ou começar a formar essa reserva. Se preferir, pode definir um percentual do valor a ser separado, utilizando o restante para consumo próprio.

Aproveite para investir

Todo dinheiro extra que entra no orçamento é uma ótima oportunidade para começar a poupar e investir. Neste caso, não existe um investimento perfeito, mas sim opções que são ideais para cada pessoa.

“Hoje em dia temos uma lista grande de caminhos que podemos seguir quando falamos de investimento, portanto o ideal é que seja feita uma pesquisa para ver qual se encaixa melhor no seu perfil e no retorno que você procura, se é mais rápido ou a longo prazo, por exemplo”, aconselha.

Monte um planejamento financeiro para 2022

Ainda que grande parte dos brasileiros receba um valor não muito considerável no décimo terceiro, é possível aproveitar para iniciar um planejamento para 2022 e evitar ficar no vermelho.

“Para isso, liste todas as despesas que vai ter mensalmente no próximo ano e guarde uma pequena parcela para utilizar pelo menos nos primeiros meses. Ainda que pareça pouco quando dividido, o valor pode ajudar a não precisar mexer no 13º salário no próximo ano”, explica.

Também é possível fazer um planejamento para utilizar a quantia para planos como estudos, viagens ou reformas neste ano que está para iniciar.

Quem tem direito e como reivindicar? 

Quem não receber a segunda parcela até a data limite deve procurar as Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho para fazer a reclamação. Além disso, o empregado pode buscar orientação no sindicato de cada categoria.

 

Caso o empregador não respeite o prazo do pagamento ou não pague o valor devido, ele pode ser autuado por um auditor-fiscal do Ministério do Trabalho no momento em que houver fiscalização, o que implica em uma multa de R$ 170,25 por empregado.

Têm direito ao 13º salário todos os trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada, urbano ou rural, avulso e doméstico, além dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) – neste último caso, receberam as duas parcelas em maio e junho.

O 13º salário tem natureza de gratificação natalina e está previsto na Lei 4.749/1965. Todo trabalhador que atuou por 15 dias ou mais durante o ano e que não tenha sido demitido por justa causa tem direito à gratificação.

Com informações de g1 e Ideia & Efeito Assessoria de Imprensa e Comunicação.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content