terça, 17 de maio de 2022
Finanças para jovensCOLUNA

Finanças para jovens

Larissa Brioso

Educadora Financeira na Mobills

Quando pedir um empréstimo? Entenda como fazer uma escolha consciente!

O empréstimo pode ser uma boa alternativa quando utilizado para transformar uma dívida cara em outra mais barata

14 abril 2022 - 13h57
Quando pedir um empréstimo? Entenda como fazer uma escolha consciente!

Assim como o cartão de crédito, o empréstimo é uma ferramenta que pode ser, de certa forma, uma aliada ou vilã das finanças pessoais. Isso acontece porque, por mais que não seja indicado pedir crédito a juros, o empréstimo pode ser uma boa alternativa quando utilizado para transformar uma dívida cara em outra mais barata. 

Então, se você já possui dívidas, uma forma de começar a organizar a vida financeira é por meio dessa troca. Por exemplo, uma dívida com uma taxa de juros de 21% ao mês pode ser trocada por outra com uma taxa de 10% ao mês. Para isso, seria necessário quitar a dívida inicial com o valor do empréstimo e se organizar para pagar a nova dívida. 

Logo, um empréstimo pode ser sim utilizado em benefício das suas finanças quando feito de forma inteligente, considerando o seu objetivo, valor inicial, taxas, parcelas e valor final. Então, descubra qual o seu objetivo ao solicitar crédito e tenha cuidado ao pedir apenas para realizar desejos de curto prazo. Quer saber como conseguir crédito de forma consciente? Entenda a seguir:

Veja as opções de crédito disponíveis no mercado

Existem diversas modalidades de empréstimo, como: pessoal, consignado, e com garantia. Entender qual é a opção ideal para a sua situação pode ser um bom primeiro passo para fazer a escolha certa.

O empréstimo pessoal é o mais comum, pois está disponível basicamente para todos aqueles que possuem conta em um banco. Contudo, está sujeito a análise de crédito e geralmente cobra taxas mais elevadas, tendo em vista que não pede nenhuma garantia.

Em contrapartida, o crédito consignado está disponível apenas para servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS, e empregados do setor privado. Como tem seu valor descontado diretamente do salário, aposentadoria ou pensão, costuma ter taxas mais atrativas. 

Assim como o empréstimo consignado, a modalidade com garantia também apresenta taxas mais interessantes uma vez que é necessário utilizar algum bem como garantia, como um imóvel ou veículo.

Então, analise os tipos de modalidade de crédito, as empresas que oferecem, veja quais funcionam para você e qual oferece as melhores condições para pagamento, como taxas e parcelas. Busque por instituições seguras e, de preferência, opte por um banco com a menor taxa de juros para empréstimo ou outra financeira. Mas, saiba que, quanto maior o prazo para pagamento, maior o valor final que você irá pagar pela dívida.

Analise suas finanças pessoais

Se você realmente precisa pedir um empréstimo, analise suas finanças e valide qual condição de pagamento melhor se encaixa no seu bolso. Ou seja, veja quanto pode poupar mensalmente para pagar as parcelas da dívida sem atrasos e como isso afeta a sua vida financeira. Até porque, não adianta solicitar crédito para pagar uma dívida, por exemplo, e acabar pagando taxas ainda mais elevadas devido os atrasos ou pior, passar necessidade financeira para conseguir pagar a nova dívida em dia.

Caso perceba que atualmente não tem condições suficientes para arcar com os compromissos, é importante rever os gastos para entender como pode minimizar os custos mensais a fim de aumentar a capacidade de poupança. Às vezes, uma medida simples pode gerar uma boa economia no fim do mês. Levar o almoço e o lanche de casa para o trabalho ao invés de comprar fora é um exemplo de atitude que pode te fazer economizar.

Além de buscar formas de cortar gastos e economizar dinheiro, é possível também buscar soluções para conseguir uma renda extra. E não precisa ir muito longe para conseguir isso. Existem sites para ganhar dinheiro, aplicativos para ganhar dinheiro, trabalho freelancer online, e claro, é possível empreender de forma física usando suas habilidades em casa, fazendo doces ou itens para vender na região. Nesse ponto, é preciso utilizar sua criatividade e conhecimento que tem sobre determinado assunto a seu favor.

Aproveite, ainda, a tecnologia em seu benefício para controlar as finanças. Dedique-se em fazer um bom planejamento financeiro considerando as dívidas que precisa pagar e o que precisa para se manter e melhorar a sua qualidade de vida. Com um app de controle financeiro você tem a gestão das finanças na palma da mão. E, nada melhor do que isso para evitar novas dívidas, concorda?!

A opinião e as informações contidas neste artigo são responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, a visão da SpaceMoney.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content