terça, 17 de maio de 2022
Finanças para jovensCOLUNA

Finanças para jovens

Larissa Brioso

Educadora Financeira na Mobills

Métodos para poupar mais dinheiro começando hoje

Se você tem dificuldade para poupar dinheiro no dia a dia, conheça alguns desafios e métodos que podem te ajudar a tomar o controle financeiro

28 abril 2022 - 12h30
Métodos para poupar mais dinheiro começando hoje

Em tempos de inflação elevada, é natural o sentimento de que o dinheiro tem um menor poder de compra, afinal, é o que de fato acontece. Nesse sentido, é super importante saber se organizar para fazer boas compras e também conseguir poupar dinheiro para momentos de imprevistos e, claro, para realizar metas financeiras.

Então, se você tem dificuldade para poupar dinheiro no dia a dia, conheça alguns desafios e métodos que podem te ajudar a tomar o controle financeiro.

Desafio das 52 semanas

Já pensou que legal seria ter, ao final de um ano, até R$ 13.780,00? Essa é a proposta que o desafio das 52 semanas traz para te incentivar a juntar dinheiro começando com pouco.

Sendo assim, não tem desculpas para não poupar 10 reais na primeira semana ou mesmo 1 real, concorda? 

A ideia mais simples do desafio sugere que comece a semana 1 poupando 1 real e vá aumentando esse mesmo valor a cada semana. Ao final de 52 semanas, ou um ano, você teria juntado cerca de R$ 1.378,00.

Mas, se você puder começar com 10 reais e ir aumentando esse mesmo valor a cada semana, ao final do desafio teria o equivalente a R$ 13.780,00. Vai dizer que não é simples e possível de começar agora mesmo?

Método 1Q3P

Uma boa forma de poupar dinheiro pode ser também: não gastando. Pode parecer meio óbvio, mas quando compramos algo desnecessário estamos reduzindo a nossa capacidade de poupar dinheiro para objetivos mais relevantes.

Por isso, é valioso se fazer as perguntas certas antes de fazer qualquer compra para, assim, conseguir juntar mais dinheiro. Algumas perguntas essenciais são: eu Quero? eu Posso? eu Preciso? o Preço está realmente bom?

Esse é o que chamamos de o método 1Q3P, que consiste em 4 perguntas de autorreflexão que podem te ajudar a manter o controle financeiro evitando impulsos de consumo ou mesmo compras emocionais.

Métodos de distribuição do salário

Antes de conhecer os principais métodos de distribuição da sua renda, é necessário destacar que devemos considerar o valor líquido do salário, e não o bruto. 

Isso acontece porque são descontados impostos e outros encargos do seu salário mínimo, por exemplo. Logo, precisa levar em consideração apenas o valor que de fato terá disponível para utilização.

Um método de distribuição do salário é bastante eficaz, pois determina que um percentual da sua renda deve ser destinado para a poupança ou pagamento de dívidas, caso tenha.

O método mais conhecido é o 50-30-20. Ele sugere que você destine 50% da sua renda para gastos essenciais, 30% para desejos pessoais e 20% para poupança e outros objetivos de longo prazo. Para quem possui dívidas, esse percentual que seria poupado deve ser usado para quitar as dívidas o quanto antes.

Outro modelo de organização do orçamento é o 60-10-10-20. Assim como o exemplo anterior, o maior percentual deste deve ser usado para suprir necessidades essenciais, mas, 10% deve ser destinado para objetivos de curto e médio prazo, 10% para objetivos de longo prazo e 20% para gastos não essenciais.

Além desses, existem outras possibilidades, como o método dos 6 potes e o do envelope, que sugerem que usem também sua renda dividida por categorias.

Vale ressaltar que, todos esses modelos são apenas sugestões de organização do orçamento. Portanto, você pode adaptá-los conforme a sua realidade, lembrando sempre de deixar uma parte da renda para poupança.

A opinião e as informações contidas neste artigo são responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, a visão da SpaceMoney.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content