quarta, 22 de maio de 2024
Ressignificando a LongevidadeCOLUNA

Ressignificando a Longevidade

Ida Nuñez

Editora-chefe do VRT Channel e apresentadora do programa Universo 50 (e muito) +, considerada pelo segundo ano consecutivo a jornalista mais influente no segmento sênior.

O público sênior e os seus fantasmas!

A desigualdade na distribuição de oportunidades já é uma realidade, e o envelhecimento rápido das populações urbanas está exacerbando essa disparidade

03 abril 2024 - 11h10
O público sênior e os seus fantasmas!

Envelhecer com qualidade de vida em um ambiente que proporcione moradia digna, acesso a serviços essenciais e cuidados de saúde adequados é um desafio crescente para os formuladores de políticas públicas, empresas e empreendedores em todo o mundo, incluindo o Brasil.

A desigualdade na distribuição de oportunidades já é uma realidade, e o envelhecimento rápido das populações urbanas está exacerbando essa disparidade. O Brasil está envelhecendo mais rápido do que se pode imaginar. Em pouco mais de uma década seremos a maioria da população: velhos!

Um dos pilares fundamentais para garantir uma boa qualidade de vida é a moradia. Isso não se resume apenas a um teto sobre a cabeça, mas também inclui acesso a transporte público eficiente, infraestrutura adequada, vias bem conservadas e seguras, presença de comércio variado para atender às necessidades do dia a dia, segurança pública e, cada vez mais importante, acesso à internet e saneamento básico.

Esses elementos formam a base para que os idosos possam viver de forma independente e integrada à comunidade. Não esquecendo que a experiência desses maduros é fator importantíssimo para a economia do pais e do mundo.

No entanto, a realidade é que muitas regiões urbanas, especialmente as periferias, enfrentam carências significativas nesses aspectos. O acesso a serviços de saúde de qualidade também é fundamental para garantir o bem-estar dos idosos. Isso engloba desde postos de saúde próximos e bem equipados até hospitais, laboratórios e profissionais de saúde capacitados.

A demanda por esses serviços está aumentando à medida que a população envelhece, e é essencial que haja investimentos adequados para suprir essa necessidade crescente.

É importante também considerar a questão da previdência pública. O atual sistema pode não ser sustentável diante do aumento da expectativa de vida e do envelhecimento da população. É necessário repensar o modelo de previdência, garantindo sua viabilidade a longo prazo sem comprometer a qualidade de vida dos aposentados.

Uma abordagem inovadora e orientada por dados é essencial para enfrentar esses desafios. A aplicação da inteligência artificial e a análise de dados em larga escala podem fornecer insights valiosos para melhorar a eficiência dos sistemas de saúde, identificar áreas carentes de infraestrutura e desenvolver soluções inovadoras para a moradia e o transporte.

É preciso repensar os modelos de desenvolvimento urbano, trazendo as periferias para o centro das atenções e investindo em projetos que promovam o acesso equitativo a moradias de qualidade. Isso inclui o uso de materiais inovadores, novos modelos de financiamento e uma abordagem mais sustentável para a construção.

No âmbito empresarial, há oportunidades significativas para atender às necessidades crescentes da população idosa. Empresas que oferecem produtos e serviços voltados para esse segmento, como tecnologias assistivas, soluções de moradia adaptadas e cuidados de saúde personalizados, estão bem posicionadas para prosperar em um mercado em expansão.

No entanto, é importante ressaltar que o sucesso dessas iniciativas depende não apenas de inovação tecnológica, mas também de um compromisso com a equidade e a inclusão social. As desigualdades existentes não podem ser ignoradas, e é responsabilidade de todos os setores da sociedade trabalhar juntos para garantir que o envelhecimento seja uma fase da vida digna e satisfatória para todos os cidadãos.

E para terminar, vale lembrar que o poder aquisitivo do público sênior nos dias de hoje corresponde a um PIB! Quem for futurista e estiver interessado num bom investimento deve pensar nisso!

 

A opinião e as informações contidas neste artigo são responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, a visão da SpaceMoney.