segunda, 24 de janeiro de 2022
Abertura de mercado

O que esperar para bolsa e câmbio no Brasil nesta 5ª-feira (2)

Confira aqui as principais notícias, a agenda das autoridades e o informe corporativo do dia

02 setembro 2021 - 09h45Por Investing.com
 - Crédito: M. B. M. via Unsplash

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Depois de o Ibovespa fechar a quarta-feira (01) com alta de 0,52%, aos 119.396 pontos, o Ibovespa Futuros abriu em alta de 0,25% perto das 9h25 desta quinta-feira (2), enquanto o dólar recuava 0,01%, a R$ 5,2070

Nos EUA, os futuros do Nasdaq 100 operavam em alta de 0,19, enquanto Dow Jones e S&P 500 subiam 0,17% e 0,19%, respectivamente. O iShares MSCI Brazil ETF (NYSE:EWZ), principal ETF brasileiro negociado no exterior, caía 0,55% no pré-mercado americano.

Covid-19

O Brasil registrou nesta quarta-feira 737 novas mortes por Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 581.150, informou o Ministério da Saúde. Também foram contabilizados 27.345 novos casos de coronavírus, com o total de infecções no país avançando para 20.804.215, acrescentou a pasta.

PIB

Analistas estão cortando a expectativa do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, por causa da crise hídrica e dos ruídos políticos e fiscais no país. O Credit Suisse (SIX:CSGN) reviu a sua previsão para 2021 de 5,5% para 5,3% e o Bank of America agora espera por um crescimento de 5,2%.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, por outro lado, se mantém confiante: "Este ano vamos crescer 5,3%, 5,4% e podemos crescer bastante ano que vem", disse no encontro da Frente Parlamentar pelo Brasil Competitivo.

As estimativas foram feitas após o IBGE divulgar que o PIB recuou 0,1% no segundo trimestre.

Imposto de Renda

Ontem, a Câmara dos Deputados aprovou, por 398 a 77, o texto-base da reforma que altera o Imposto de Renda para pessoas físicas, empresas e investimentos. Com o apoio da oposição, o texto foi modificado para deixar de fora a restrição do acesso à declaração simplificada e para ampliar incentivos fiscais para setores específicos.

Novas concessões foram feitas, com redução da arrecadação federal, sem que cálculos tenham sido apresentados pela equipe econômica. Os deputados agora analisam 26 sugestões de alteração do texto-base, chamados de destaques, entre eles a questão da tributação de dividendos com uma taxa de 15%.

Minirreforma Trabalhista

Enquanto isso, no Senado, a Casa rejeitou, por 47 votos a 27, a Minirreforma Trabalhista, em uma nova derrota para o governo.

A medida foi alvo de críticas dos senadores pelo pouco tempo para discussão das ações e também pelo risco de fragilização das relações trabalhistas com a possibilidade de contratação sem carteira assinada.

Mais notícias
Horário de verão
- Sem uma posição oficial do governo há dois meses, associações dos setores de alimentação, turismo e comércio enviaram um novo pedido ao presidente Jair Bolsonaro pela volta do horário de verão.

No documento enviado na noite desta quarta-feira, 1º, as entidades argumentam que qualquer economia de energia seria relevante diante da gravidade da crise hídrica que o País enfrenta.

Vaca Louca - O Ministério da Agricultura está investigando uma suspeita da doença "vaca louca" identificada no país, confirmou a pasta em nota nesta quarta-feira, embora haja chances de ser um caso atípico, onde não há contaminação, segundo uma fonte da indústria.

Câmbio - O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou ontem que o crescimento do fluxo cambial para o Brasil e a conquista da “credibilidade” fiscal devem valorizar o câmbio, segundo o Valor Econômico.

Mas lembrou que o câmbio é flutuante e que o BC não tem um “planejamento” para o dólar, intervindo apenas quando encontra disfuncionalidades no mercado

Agenda das autoridades
Jair Bolsonaro - Reunião com Ciro Nogueira, Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República; Reunião com Humberto Fernandes de Moura, Subchefe Adjunto Executivo para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência da República; Reunião com Bruno Bianco, Advogado-Geral da União; Cerimônia de Lançamento das Autorizações Ferroviárias - Setembro Ferroviário.

Paulo Guedes - Reunião do Conselho de Saúde Suplementar/CONSU; Cerimônia de Lançamento das Autorizações Ferroviárias - Setembro Ferroviário.

Campos Neto - Reunião com o Ministro Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Ciro Nogueira, Ministro da Economia, Paulo Guedes, e Jônathas Assunção Salvador Nery de Castro, Secretário-Executivo da Casa Civil da Presidência da República.

Informe corporativo
Seara
- Até o fim do ano, a Seara deve ter em operação três novos centros de distribuição, afirmou a empresa ao Broadcast Agro.

Com as unidades em funcionamento, a empresa da JBS (SA:JBSS3) para os setores de proteínas de aves, suínos, peixes, plant-based e alimentos preparados vai expandir em 4.700 toneladas sua capacidade de armazenagem, sendo 1.200 toneladas em Uberlândia; 1.900 em Goiânia e 1.600 em Vila Velha.

Fulwood - A incorporadora de galpões e condomínios logístico-industriais Fulwood registrou na terça-feira, 31, pedido de Oferta Pública Inicial de Ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Eletrobras (SA:ELET3) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu que privatização da Eletrobras foi aprovada com algumas "tartaruguinhas" inseridas pelos parlamentares, embora "jabutis" maiores tenham sido removidos do texto.

Para Guedes, foi mantido no texto aquilo que é "razoável, digerível, compreensível", diante da legitimidade de parlamentares para "defender suas regiões".

Petrobras (SA:PETR4) - O general Joaquim Silva e Luna já contratou pelo menos seis militares para atuar em postos de apoio à presidência da Petrobras e da Transpetro, a maior subsidiária da estatal, desde que assumiu o comando, em meados de abril.

Com as novas contratações, o número de oficiais abrigados na cúpula da empresa chega a pelo menos dez, incluindo o próprio Silva e Luna.

Azul (SA:AZUL4) - O presidente da aérea Latam Brasil SA, Jerome Cadier, defendeu que uma eventual oferta de compra da empresa pela Azul está fora de questão e que a rival deseja ter o monopólio para poder aumentar tarifas.

Taesa (SA:TAEE11) - A Taesa iniciou a operação comercial na linha de transmissão de 500 kV que interliga Minas Gerais à Bahia, passando pelas cidades de Pirapora, Janaúba e Bom Jesus da Lapa.

Houve antecipação de seis meses na entrega do empreendimento em relação ao previsto e redução de 18% no Capex estimado pela Aneel no leilão de transmissão 13/2015.

BRF (SA:BRFS3) - A BRF concluiu a aquisição da Mogiana Alimentos, por meio de sua subsidiária BRF Pet. O preço a ser pago pela compra da empresa e do Grupo Hercosul é de R$ 1,35 bilhão, ainda sujeito a ajustes.

EDP (SA:ENBR3) - A EDP Brasil investirá R$ 41,9 milhões para construir uma usina de hidrogênio verde no Complexo Industrial e Portuário do Pecém, com capacidade para produzir 250 Nm3/h do gás. A expectativa é que a unidade comece a produção no fim de 2022.

Oi (SA:OIBR3) - Após um piloto de 100 dias, a operadora de telefonia Oi e a fintech Conta Zap reformularam o serviço de saúde que estão colocando no mercado, para ganhar escala e competitividade, por um preço de R$ 9,90 por mês, segundo o Valor Econômico.

A aposta da operadora é conseguir penetração em sua base de clientes que são profissionais autônomos de baixa renda, hoje sem acesso à rede privada de saúde.

Itaú (SA:ITUB4) - Em parceria com a ConectCar, empresa da qual detém metade do capital, o Itaú anunciou o lançamento da Tag Itaú. O adesivo, que permite passagem automática por todos os pedágios e mais de mil estacionamentos do País, será oferecido sem mensalidade a seus clientes.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content